Acesso à informação Portal de Estado do Brasil  
Personal tools
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Página Inicial | Mapa do Site | English | Español
Sections
You are here: Home Imprensa Notícias 2009 Março 3ª semana Agricultura de Angola ganha reforço de instituições brasileiras
Agricultura de Angola ganha reforço de instituições brasileiras (17/03/2009)
Document Actions
Foto:Deva Rodrigues/Embrapa
Agricultura de Angola ganha reforço de instituições brasileiras

 O diretor-presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Silvio Crestana, e o reitor da Universidade Federal de Viçosa (UFV), Luiz Cláudio Costa, reforçaram ao vice-ministro da Ministério da Agricultura de Angola (Minagri), Zacarias Sambeny,  a disposição de cooperar com recursos humanos para a reestruturação do Instituto de Investigação Agronômica de Angola (IIA).
 A ênfase foi durante visita da delegação de Sambeny à diretoria da estatal brasileira na tarde deste dia 17 (terça-feira), reunião da qual também participou o reitor da UFV.
Pelo acordo já firmado com o governo angolano, o sistema Embrapa é o modelo a ser seguido à reestruturação do IIA, no qual se inclui a criação de 16 centros de pesquisa até 2013. A empresa coordena o projeto para o qual o Minagri está investindo um total de US$ 32 milhões na área de cooperação internacional, com ênfase à formação e treinamento dos técnicos angolanos, contratação de consultoria e assistência técnica.
Quatro centros deverão estar em atividade ainda este ano, segundo informou Zacarias Sambeny. Esses primeiros centros de investigação agrícola terão os seguintes produtos e localizações: milho e feijão na Estação Experimental Agrícola de Chianga, em Huambo; mandioca, batata doce e amendoim na Estação Experimental de Malange, a seis quilômetros de Malange; caprinos e ovinos na Estação Zootécnica do Lay; gado de leite na região de Kwanza.
Para suprir o déficit de mão-de-obra para atuar nas unidades de pesquisa do IIA, outra etapa do projeto prevê a qualificação de pessoal. Nesse caso, o reitor Luiz Cláudio Costa informou à missão angolana que a UFV vai disponibilizar programas de pós-graduação aos pesquisadores. “Para isso temos a parceria da Embrapa no sentido de contar com orientadores do quadro da empresa”, explicou o reitor. Essa cooperação prevê também treinamentos de curta duração aos técnicos angolanos em unidades da Embrapa.
Segundo informou o vice-ministro Zacarias Sambeny há necessidade de contratar 500 pesquisadores, enquanto atualmente o quadro é de pouco mais de cem. “Este ano já contratamos 20 pessoas que deverão atuar nos centros de pesquisas a serem instalados”, comentou Sambeny que já visitou unidades centrais e descentralizadas da estatal brasileira. A atenção do grupo é para unidades que trabalham com produtos que são o foco do IIA, como milho, feijão, gado de leite, mandioca.


Deva Rodrigues (MTb/RS 5297)
E-mail: deva.rodrigues@embrapa.br
Telefone (61) 3448-4015

Pesquisar
neste portal
em toda a Embrapa


Índice A-Z
A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O - P - Q - R - S - T - U - V - W - X - Y - Z

Fale Conosco

Twitter    Facebook    Youtube
Agenda de Eventos
3ª Mostra de máquinas e inventos para a agricultura familiar 08/05/2014 a 10/05/2014 Pelotas/RS
VI Congresso Brasileiro de Mamona 12/08/2014 a 15/08/2014 Fortaleza, CE
Simposio Latino Americano de Canola - SLAC 19/08/2014 a 21/08/2014 Embrapa Trigo, Passo Fundo, RS
Veja mais…
Enquete
Como você classifica a experiência de navegação no Portal:







Mais enquetes…