Acesso à informação Portal de Estado do Brasil  
Personal tools
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Página Inicial | Mapa do Site | English | Español
Sections
You are here: Home Imprensa Notícias 2011 Maio 4ª semana Brasil sem Miséria conta com sementes e tecnologias da Embrapa
Brasil sem Miséria conta com sementes e tecnologias da Embrapa (26/07/2011)
Document Actions
Saulo Coelho
Brasil sem Miséria conta com sementes e tecnologias da Embrapa

O lançamento no Nordeste do Plano Brasil Sem Miséria foi feito nessa segunda-feira (25), pela presidente da República, Dilma Rousseff, em Arapiraca (AL). Ministros de diversas pastas e os nove governadores da Região participaram do evento, no qual foram pactuadas ações para retirar 9,6 milhões de nordestinos da pobreza extrema. Na ocasião, a Embrapa, representada pelos diretores-executivos Vania Castiglioni e Waldyr Stumpf Júnior, assinou dois termos de cooperação técnica – um com o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), outro com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).

Com a assinatura desses termos, que compreendem os anos de 2011 e 2012, a Embrapa entra, efetivamente, no eixo de inclusão produtiva do Plano Brasil Sem Miséria. Ofertas de sementes de milho, feijão e hortaliças, assim como capacitação de agentes de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER), material técnico e informativo, cartilhas, informes, minibibliotecas e o programa de rádio Prosa Rural, serão disponibilizados pela Embrapa para as famílias e os técnicos que as assistirão.

“Esse plano é arrojado, e a soma de esforços da Embrapa com os ministérios envolvidos poderá gerar impactos positivos para as famílias atendidas já no próximo ano”, disse a diretora Vania.

Para Waldyr Stumpf, a implantação do plano demonstra o compromisso efetivo do Governo Federal em erradicar a miséria no país. “A atuação forte da Embrapa no meio rural será muito importante, pois é no campo onde se encontram mais de 8 milhões de brasileiros abaixo da linha da pobreza”, afirmou.

Tecnologia

Nessa parceria, a Embrapa entra com tecnologia e informação tecnológica; o MDS, com os custos do material didático e sementes e o MDA, com a capacitação dos agentes de ATER e também custos de sementes.

“A Embrapa está inserida no plano em função da qualidade e origem genética das sementes que desenvolve. Para o Brasil sem Miséria no Nordeste, as variedades são adaptadas às condições da região e vão garantir maior produtividade aos pequenos agricultores”, ressaltou a ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello.

As variedades são oferecidas conforme as necessidades regionais. Além da melhoria na qualidade de vida, os agricultores serão beneficiados pelos grandes avanços tecnológicos da agricultura brasileira.

O termo de cooperação com o MDS atenderá 43 mil famílias. Para elas, serão disponibilizadas 100 toneladas de sementes de milho; 50 toneladas de sementes de feijão (carioca e caupi) e 2,4 toneladas de hortaliças (quiabo, pepino, cenoura, cebolinha, tomate, repolho, alface, coentro e couve).

A intenção dessa distribuição é melhorar a qualidade de vida das famílias que formam o público alvo do plano Brasil Sem Miséria no Nordeste, dando a elas garantia de segurança alimentar e nutricional. Cada família receberá um saco de 10 kg de sementes de milho, 5 kg de feijão e um kit de hortaliças, além de material orientador, ilustrado e com linguagem simples e acessível.

A secretária extraordinária para Superação da Extrema Pobreza do MDS, Ana Fonseca, acredita que o fato da Embrapa ser a grande referência mundial em agricultura tropical fará grande diferença nos resultados do plano. “O Brasil sem Miséria trará melhoria na produção e qualidade de vida para os pequenos agricultores, além de produtos de maior qualidade nas mesas de todos os brasileiros”, completou.

Agentes

O intuito é o de diversificar o sistema produtivo dessas famílias, tanto no que se relaciona ao cultivo quanto ao consumo. A capacitação para a utilização das espécies recebidas será feita pelos agentes de ATER – já treinados – que acompanharão as famílias ao longo do plantio e da colheita, fornecendo assistência técnica. Além de tirarem proveito do cultivo para consumo próprio, as famílias serão orientadas a comercializar o excedente da produção em mercados locais, como forma de complementação da renda familiar, o que virá a propiciar melhoria da qualidade de vida.

Agricultores e comunidades tradicionais deverão receber 86 mil fôlderes – quase um manual de instruções – sobre como lidar com os kits de sementes recebidos. O material didático ensina como as famílias podem produzir, armazenar e consumir, a partir de receitas culinárias, os frutos de seus trabalhos. Regras para o uso da água também estão incluídas nos fôlderes.

Técnicos serão capacitados para dar assistência às famílias contempladas pelo Brasil Sem Miséria. Agentes de ATER, de nível superior, receberão 372 circulares técnicas. Serão 93 unidades para cada um dos seguintes itens: feijão caupi, feijão carioca, milho e hortaliças. Cada agente de nível superior dará apoio a dez agentes de nível médio, que por sua vez, atenderá, cada um, a 80 famílias.

Informação

As Minibibliotecas da Embrapa também vão chegar ao público alvo do Plano. Serão 251 unidades. Nelas, há coleções com conteúdos educativos e culturais, ilustrados, em linguagem acessível, para adultos, crianças e adolescentes. Nos conteúdos, dicas de produção de culturas, segurança alimentar, uso da água e do solo e cidadania.

A Embrapa produzirá, ainda, 96 programas de rádio: o Prosa Rural, com foco principal no Nordeste e posterior ampliação para outras regiões. O programa – que tem hoje uma audiência de 4,5 nessa região do País – é fundamental para alcançar esse público de baixa escolaridade. O Prosa Rural, com estrutura dinâmica e diversificada, aborda culturas de baixo custo, que podem ser produzidas com poucos insumos. Além disso, incentiva a alimentação saudável, e valoriza o universo regional, tanto no aspecto artístico-cultural, como no culinário, inclusive com o fornecimento de dicas e receitas. O programa será transmitido em 1.270 emissoras de rádio, entre comunitárias ou não.

Leia também
http://www.embrapa.br/embrapa/imprensa/noticias/2011/julho/4a-semana/sementes-de-hortalicas-da-embrapa-integram-plano-brasil-sem-miseria


http://www.embrapa.br/embrapa/imprensa/noticias/2011/julho/4a-semana/feijao-caupi-e-arma-do-brasil-sem-miseria


http://www.embrapa.br/embrapa/imprensa/noticias/2011/julho/4a-semana/brasil-sem-miseria-distribuira-sementes-de-milho-da-embrapa

Saulo Coelho (MTb/SE 1065)
Embrapa Tabuleiros Costeiros (Aracaju-SE)
Contatos: saulocoelho@cpatc.embrapa.br
(79) 4009-1381

Pesquisar
neste portal
em toda a Embrapa


Índice A-Z
A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O - P - Q - R - S - T - U - V - W - X - Y - Z

Fale Conosco

Twitter    Facebook    Youtube
Agenda de Eventos
3ª Mostra de máquinas e inventos para a agricultura familiar 08/05/2014 a 10/05/2014 Pelotas/RS
VI Congresso Brasileiro de Mamona 12/08/2014 a 15/08/2014 Fortaleza, CE
Simposio Latino Americano de Canola - SLAC 19/08/2014 a 21/08/2014 Embrapa Trigo, Passo Fundo, RS
Veja mais…
Enquete
Como você classifica a experiência de navegação no Portal:







Mais enquetes…