Projetos

Potencial de sequestro de carbono em sistemas silvipastoris e áreas recuperadas com plantios de leguminosas arbóreas

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

imagem

Foto: LOBATO, Breno

Este projeto visou à ampliação dos estudos sobre o potencial das técnicas de recuperação de áreas degradadas (RAD) e dos sistemas silvipastoris (SSP) na promoção do sequestro de carbono, tendo como pano de fundo a possibilidade de recomendação em em mecanismos de compensação e em prêmios por serviços ambientais.
Conceitualmente, as técnicas de RAD com a utilização de leguminosas arbóreas são eficientes em revegetar, em curto prazo, áreas com elevado grau de degradação, como encostas que sofreram perda da camada superficial do solo e locais com rejeitos de mineração, permitindo o restabelecimento dos ciclos biológicos. Já os SSP são a combinação intencional de árvores, pastagem e gado em uma mesma área simultaneamente, visando ao incremento da produtividade e da diversidade, com a possibilidade de produção, pelo manejo integrado, dos recursos naturais e a busca pela não degradação ambiental.
Tendo isso em vista, o objetivo deste projeto foi quantificar a remoção de carbono da atmosfera em sistemas de RAD e SSP na região da Mata Atlântica. Essa quantificação foi feita tanto na biomassa vegetal, como nos ganhos na matéria orgânica do solo, com o intuito de contribuir para projetos de mecanismos de desenvolvimento limpo.

Ecossistema: Floresta Atlântica

Situação: concluído Data de Início: 09/2007 Data de Finalização: 08/2009

Unidade Lider: Embrapa Agrobiologia

Líder de projeto: Cláudia Pozzi Jantalia

Contato: claudia.jantalia@embrapa.br

Galeria de imagens