Publicações

Protocolo para medições de fluxos de gases de efeito estufa em sistemas aeróbicos e alagados de produção de grãos - Rede Fluxus

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Autoria: ALVES, B. J. R.; SCIVITTARO, W. B.; JANTALIA, C. P.; SOUSA, R. O. de; BAYER, C.; RODRIGUES, R. de A. R.; BODDEY, R. M.; URQUIAGA, S.; MADARI, B. E.

Resumo: O aumento dos gases de efeito estufa (GEE) na atmosfera representa uma ameaça para a sustentabilidade da vida no planeta. A agricultura é uma atividade antrópica que muito contribui na emissão desses gases. Com vistas a entender o processo em sistemas de produção de grãos no Brasil, gerar números para avaliar o impacto dos sistemas de produção e desenvolver estratégias de mitigação, a Embrapa criou a rede de pesquisa denominada Rede Fluxus cujo objetivo é avaliar a emissão de GEE e balanço de carbono em sistemas de produção de grão. A Rede tem atividades em quatro biomas brasileiros, Amazônia, Cerrados, Mata Atlântica e Pampa. Este último está localizado na região extremo Sul do Brasil, ocupando mais da metade do estado do Rio Grande do Sul, além de todo o Uruguai e cerca de um terço da Argentina. Essa rede reúne grupos de pesquisa de diferentes unidades da Empresa e também de instituições parceiras e, portanto, foi necessário definir e padronizar protocolos de medição dos fluxos de GEEs em condições de campo e de variáveis relacionadas aos processos, particularmente aqueles envolvidos na emissão de metano (CH4) e óxido nitroso (N2O), e de variáveis auxiliares. Este protocolo traz a descrição dos procedimentos de coleta para diferentes sistemas de produção de grãos: aeróbicos, inundados e terras baixas (áreas sujeitas ao alagamento temporário). Portanto, os aspectos específicos de cada sistema de produção serão apresentados em tópicos separados. Serão apresentados também procedimentos comuns como o armazenamento e transporte das amostras, dos cálculos e da análise de variáveis associadas aos processos de emissão de GEE do solo. No final são descritos também os procedimentos para quantificar a volatilização de amônia usando o coletor semiaberto estático. A amônia volatilizada é considerada fonte indireta de N2O, uma vez que pode se depositar no solo ou em espelhos d'água e ser transformada biologicamente.

Ano de publicação: 2017

Tipo de publicação: Folhetos