O Comitê Organizador Local anuncia o XVI Simpósio sobre Fixação Biológica de Nitrogênio com Não-Leguminosas, em uma joint venture com o IV Workshop Latino-Americano de PGPR, em Foz do Iguaçu, Brasil, de 26 de agosto a 1º de setembro de 2018. Os eventos abrangerão uma ampla gama de disciplinas, incluindo evolução, ecologia, genômica, bioquímica, fisiologia, produção e engenharia de culturas e novos usos do tema Microrganismos na agricultura - bactérias diazotróficas para um melhor crescimento das plantas. Haverá palestras de especialistas internacionais, bem como apresentações orais e de cartazes escolhidas a partir de resumos enviados.

Foz do Iguaçu é um dos lugares mais visitados da América do Sul e divide três países - Brasil, Argentina e Paraguai. Ali ficam as Cataratas do Iguaçu, um grande complexo aquático natural que fornece energia para esses países e uma das vencedoras do concurso que escolheu as sete Maravilhas da Natureza, além da Usina Hidrelétrica de Itaipu, a segunda maior do mundo em tamanho e a primeira em geração de energia. Além disso, Foz do Iguaçu possui mais de 170 hotéis e estrutura para eventos, sendo eleito um dos melhores lugares para eventos científicos ligados à beleza natural no Brasil.

Reuniões anteriores

Os simpósios sobre FBN em não-leguminosas têm uma longa tradição desde a década de 1980. Nos anos de 2008 e 2012, o 11º e o 13º simpósios BNF-NL foram organizados com êxito como reuniões-satélite da Conferência Europeia sobre Fixação Biológica de Nitrogênio (ENFC) em Ghent e Munique, respectivamente. O 14º Simpósio foi organizado por nossos colegas chineses como satélite para o Congresso Asiático de Interação Planta-Microrganismo em Cheng-Du, em outubro de 2014. Em 2016, por fim, foi ligado à conferência sobre FBN europeia.

Por outro lado, o Workshop Latino-Americano de PGPR é uma reunião recente, baseada na iniciativa de pesquisa e aplicação de Rizobactérias Promotoras de Crescimento de Plantas (PGPR). Esse tópico cresceu tanto em todo o mundo que a 1ª reunião regional foi iniciada em 2009 pela oficina de PGPR asiática. A 1ª reunião na América foi organizada em Medellín, na Colômbia. Em 2014, foi organizada em La Falda, na Argentina, e em 2016 foi feita em Pucon, no Chile. 

RELARE

A agricultura mundial enfrenta grandes desafios para atender à demanda crescente da produção de alimentos utilizando os recursos naturais de forma sustentável. Para tanto, pesquisas que promovem avanços no conhecimento das interações entre microrganismos e plantas e o desenvolvimento de produtos para auxiliar na nutrição e na tolerância de plantas a estresses bióticos e abióticos tornam-se indispensáveis ​​no meio agrícola. Nesse contexto, apresentamos a RELARE - Reunião da Rede de Laboratórios para a Recomendação, Padronização e Difusão de Tecnologia de Inoculantes Microbianos de Interesse Agrícola.

A RELARE foi criada no início da década de 1980 com a presença de representantes de instituições de pesquisa, das indústrias de inoculantes e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Brasil (MAPA). O papel da RELARE é histórico e foi decisivo para o estabelecimento da legislação sobre inoculantes microbianos em vigência no país, bem como dos protocolos que constam nas instruções normativas de inoculantes. 

A XIX RELARE será realizada nos dias 30 e 31 de agosto de 2018, em Foz do Iguaçu, com o objetivo de reunir pesquisadores, produtores e importadores de inoculantes microbianos de interesse agrícola no Brasil.

Sugestões sobre temas a serem discutidos durante os eventos devem ser enviadas por e-mail para veronica.massena@embrapa.br, jerri.zilli@embrapa.br ou bruno.alves@embrapa.br antes de dezembro de 2017.

Organizadores: