Pinhão-manso com maior produtividade de óleo

 

 

 

 Sumário gráfico

 

 Panorama da
 Tecnologia

 

O pinhão-manso é considerado uma das alternativas de interesse para atender parte das demandas de óleo vegetal a ser usada na produção de biocombustível e bioprodutos. É uma oleaginosa perene que possui bom potencial de rendimento de grãos/óleo e qualidade de óleo. Além disso, possui elevada adaptabilidade a diferentes regiões do Brasil constituindo-se em alternativa a diversificação. A espécie não possui uso alimentar definido e, com isto, não concorre diretamente com a agricultura de alimentos. Além disso, a torta resultante da extração de óleo apresenta boa qualidade para uso como fertilizante.

 

 Vantagens e  Diferenciais
 da Tecnologia

 

- Opção alternativa de médio rendimento para a produção de óleo e coprodutos para diversos usos (biocombustíveis e bioprodutos);

- Espécie sem uso alimentar;

- Espécie de ampla adaptabilidade ambiental, podendo ser usada para diversificar a agricultura;

- Opção para cultivo em sistemas integrados Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF), garantindo maior aproveitamento da terra.

 

 Aplicações

 

- Produção de óleo vegetal para fins não-alimentícios

 

 

 Estágio de
 desenvolvimento

 

 Oportunidades para
 transferência de  tecnologia

 

- Cooperação técnico-científica (co-desenvolvimento)

- Fornecimento de tecnologia

 

 Responsável

 

Bruno Galvêas Laviola