Estratégias para o melhoramento genético do cupuaçuzeiro na Amazônia

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

imagem

Foto: ROSA, Felipe Santos da

A cultura do cupuaçuzeiro ( Theobroma grandiflorum) tem importância econômica e social em toda a Amazônia, sendo cultivada principalmente por pequenos agricultores. Os Estados do Pará e Amazonas, maiores produtores, somam 23 mil hectares plantados. Contudo, a produtividade no Pará decresceu de 5.382 kg/ha (1997) para 3.331 kg/ha (2004), tendo média de 3.928 kg frutos/ha no período de 1997 a 2005. No Amazonas, também houve decréscimo, com média de produtividade no período de 1991 a 2006 de 1.449 frutos/ha. A baixa produtividade se deve principalmente a dois fatores: plantios formados com material genético não selecionado e problemas decorrentes de estresses bióticos, como a alta incidência da vassoura-de-bruxa ( Moniliophthora perniciosa) e a broca do fruto ( Conotrachelus sp), com perdas de até 60%. Estes elementos vêm contribuindo para a descapitalização dos agricultores, o que os obriga a deixar de realizar as boas práticas agrícolas recomendadas para a cultura. Na busca de soluções para estes problemas, o objetivo do projeto foi obter cultivares com alta produtividade e resistência a fatores bióticos.

Ecossistema: Amazônico

Situação: concluído Data de Início: Thu Apr 01 00:00:00 BRT 2010 Data de Finalização: Mon Mar 31 00:00:00 BRT 2014

Unidade Lider: Embrapa Amazônia Ocidental

Lider do Projeto: Aparecida das Graças Claret de Souza

Contato: aparecida.claret@embrapa.br

Galeria de imagens