Feijão 3ª Safra

Coordenadores:
Augusto Cesar de Oliveira Gonzaga
Pedro Marques Da Silveira

O feijão de terceira safra, também chamado de safra de inverno é cultivado entre os meses de abril e outubro, ocupa aproximadamente 10% da área total e responde por 20% da produção nacional.

Trata-se de um cultivo realizado sob irrigação por aspersão, predominantemente sistema pivô-central, e que ocorre no Planalto Central do Brasil, na região de Cerrado.

Geralmente, nesse sistema de produção, os agricultores investem em insumos, tecnologias e serviços, conduzindo suas lavouras como empreendimento empresarial. As maiores produtividades são obtidas nessa safra.

Para o cultivo da leguminosa nesse período, o centro de pesquisa está atuando na disponibilização de cultivares mais resistentes a doenças, associadas ao controle biológico e a recomendações de manejo para controle de fungos de solo.

Há ainda ações voltadas para a disseminação do manejo integrado de pragas e de orientações para melhorar o aproveitamento da adubação com nitrogênio e a adubação para sistemas de rotação milho-feijão.

Outro ponto de destaque é a concentração de esforços para redução de perdas de grãos na colheita, assim como a condução de estudos de medição da emissão de gases de efeito estufa pelas lavouras.