Setor de Transferência de Tecnologia para a Agricultura Familiar - STAF

Dada a sua representatividade para a sustentabilidade alimentar e a melhoria da qualidade de vida no campo, o Setor de Transferência de Tecnologia para a Agricultura Familiar (STAF) tem papel expressivo como agente do desenvolvimento equitativo e sustentável em várias linhas de atuação, constituindo-se num Setor estratégico para a Embrapa Arroz e Feijão.

Entre as ações para cumprir seus objetivos, o STAF realiza articulações com as organizações públicas de pesquisa, assistência técnica e extensão rural (ATER), além de trabalhos e projetos específicos em instituições de ensino e pesquisa, com os diversos movimentos sociais e, também, junto aos agentes de políticas públicas.

Outro objetivo do Setor é criar oportunidades e demandas tecnológicas, em diferentes contextos e ambientes da agricultura familiar, inseridos na programação de P&D e TT da Embrapa Arroz e Feijão. Estas iniciativas, partem do princípio que as condições atuais no campo, particularmente, dos pequenos produtores familiares, são pouco favoráveis aos mais jovens, em termos de oportunidades e realizações.

Para amenizar este quadro, é necessário dedicar esforço especial em várias linhas de ações e, também, em comunicação e informação, fortalecendo o desenvolvimento de processos educacionais críticos e dialógicos no meio rural.

As ações do STAF buscam superar os desafios do homem do campo e são realizadas de maneira intensa, tanto nos segmentos rurais quanto em instituições e organizações da sociedade civil, parceiras da agricultura familiar.

Supervisor: Glays Rodrigues Matos

Equipe:

  1. Luciene Fróes Camarano de Oliveira
  2. Márcia Gonzaga de Castro Oliveira
  3. Raimundo Ricardo Rabelo
  4. Romeu Pereira Santos