28/03/17 |   Convivência com a Seca

Embrapa e prefeitura discutem plano de suporte hídrico para Petrolina

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Em reunião realizada no dia 23 de março, a Embrapa Semiárido e a Prefeitura de Petrolina, representada por uma comitiva liderada pelo secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Agrário, José Batista da Gama, discutiram um plano de capacitação de suporte hídrico para o município.

Na oportunidade, o chefe-geral Pedro Gama, juntamente com os pesquisadores Gherman Garcia Leal e Lúcio Alberto Pereira, e com o consultor Everaldo Rocha Porto, apresentaram propostas de planejamento hídrico, para convivência com a seca, que inclui quantificar e qualificar todas as fontes hídricas do município (subterrâneas e superficiais), suas potencialidades e formas de uso, além de levantamento de propriedades, pessoas e animais, de forma a ter uma ideia abrangente do que se quer atingir.

Outro ponto abordado foi sobre as culturas a serem usadas, tendo a palma forrageira um importante papel nesse momento de seca. O peixamento também se constitui num elemento a ser considerado, pela sua capacidade de proporcionar alimento e renda.

Segundo o secretário, “a população que vive em área dependente de chuva não reclama de outra coisa senão da falta de água”. Por isso, faz-se necessária a elaboração de um projeto envolvendo as duas instituições para buscar soluções para os produtores de sequeiro.

Após a reunião, que foi realizada na sede da Embrapa Semiárido, na zona rural de Petrolina, os visitantes conheceram uma área de plantação de palma, localizada no Campo Experimental da Caatinga.

 

Fernanda Birolo (MTb 81/AC)
Embrapa Semiárido

Gilberto Pires (Colaborador)
Embrapa Semiárido

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Encontre mais notícias sobre:

destaqueconvivência com a seca