29/05/17 |   Melhoramento genético  Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação  Produção animal  Transferência de Tecnologia

Inscrições abertas para a 3ª Prova de Leite a Pasto da Embrapa Cerrados e ACZP

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Foto: Breno Lobato

Breno Lobato - Cartaz da 3º Prova Brasileira de Produção de Leite a Pasto EmbrapaCerrados/ACZP

Cartaz da 3º Prova Brasileira de Produção de Leite a Pasto EmbrapaCerrados/ACZP

Coordenada pela Embrapa Cerrados (Planaltina, DF) e pela Associação de Criadores de Zebu do Planalto (ACZP), a 3ª Prova Brasileira de Produção de Leite a Pasto do Zebu Leiteiro (raças Gir Leiteiro, Guzerá e Sindi) está recebendo inscrições a partir desta segunda-feira, 29 de maio. A prova tem como objetivo identificar matrizes com potencial genético para a produção de leite a pasto em grupos contemporâneos de cada raça, promovendo o melhoramento genético de raças zebuínas com aptidão leiteira. A avaliação busca também formar um banco genético com as melhores fêmeas classificadas na prova por meio de contrato de parceria com a Embrapa.

São oferecidas 20 vagas para novilhas da raça Gir Leiteiro, 12 vagas para novilhas da raça Guzerá e 12 vagas para novilhas da raça Sindi, que serão preenchidas de acordo com a ordem de chegada das inscrições. Para a realização da prova, será necessário o número mínimo de 12 animais na raça Gir Leiteiro, seis da raça Guzerá e seis da raça Sindi. Cada criador proprietário poderá inscrever até dois animais de cada raça, podendo inscrever uma terceira novilha a título de fila de espera caso as vagas totais não sejam preenchidas.

Podem participar da prova novilhas registradas na Associação Brasileira de Criadores de Zebu (ABCZ) nas categorias puro de origem (PO) ou livro aberto (LA)*. Elas devem ser primíparas com idade máxima de 46 meses na data do parto e estarem obrigatoriamente gestantes, sendo o parto efetivado dentro do período de adaptação. Os animais deverão parir no período de 09/12/2017 a 28/02/2018, de acordo com os períodos limites de parição estabelecidos pela ABCZ. Para isso, devem ter sido inseminadas ou cobertas entre os dias 20/03/2017 e 19/04/2017.

Para se inscrever, é necessário preencher a ficha de inscrição e enviá-la para o e-mail aczp.df@uol.com.br. Será cobrada uma taxa de R$ 2.500 por novilha inscrita, divididos em 10 parcelas mensais de R$ 250. O pagamento deve ser realizado por meio de boleto bancário enviado pela ACZP. Após o pagamento, o proprietário deve enviar a ficha de inscrição assinada e cópia do registro genealógico da novilha para o mesmo e-mail.

Sobre a prova

A 3ª Prova Brasileira de Produção de Leite a Pasto do Zebu Leiteiro será realizada no Centro de Tecnologias em Raças Zebuínas Leiteiras (CTZL) da Embrapa Cerrados, localizado na DF 180, Km 64 s/n, Recanto das Emas-DF (próximo à Embrapa Hortaliças). A duração é de 13 meses, sendo dois meses de adaptação, em que as novilhas receberão dieta alimentar ajustada para o período, e 11 meses de avaliação. Os animais deverão entrar na área da prova no período de 24/10/2017 a 29/10/2017.

Serão identificadas as melhores novilhas da raça Gir Leiteiro, Guzerá e Sindi que em 305 dias de lactação em pasto rotacionado com suplementação se destacarem nos atributos: produção de leite, reprodução, qualidade do leite, persistência de lactação e avaliação morfológica. As lactações serão controladas mensalmente de acordo com o regulamento do Controle Leiteiro da ABCZ. Os resultados serão divulgados em dezembro de 2018, e a saída dos animais ocorrerá em janeiro de 2019.

Caso seja de interesse dos criadores, os cinco melhores animais de cada raça da prova serão utilizados para pesquisas de produção in vitro de embriões no CTZL mediante contrato de parceria pecuária a ser realizado com cada produtor.

A prova tem o apoio da ABCZ, da Associação Brasileira dos Criadores de Gir Leiteiro (ABCGIL), da Associação de Criadores de Sindi (ABCSindi), da Associação dos Criadores de Guzerá do Brasil (ACGB), da Associação Guzerá Goiás (AGG), da Gestão Unificada‐Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária da Paraíba S.A. (EMEPA‐PB), Secretaria de Agricultura do Distrito Federal, da Emater‐DF, da Federação de Agricultura do Distrito Federal (FAPE‐DF), do Sindicato dos Criadores de Bovinos, Equinos e Bubalinos do Distrito Federal, das Faculdades Associadas de Uberaba (FAZU), do Hospital Veterinário da Universidade de Brasília e de empresas ligadas ao setor pecuário.

Clique aqui para download do regulamento da prova.

Mais informações sobre a prova podem ser obtidas pelo e-mail carlos.martins@embrapa.br ou no telefone (61) 3386‐0025.

 

*Em geral, as associações de criadores registram os seus animais nos livros PO e LA, como é o caso da ABCZ. Para o animal ser registrado como PO, a associação exige ascendentes de origem conhecida desde que se fechou o livro de registro, em 1971. No livro aberto (LA), são incluídos os animais puros por cruzamento (PC), que atendem ao padrão da raça. Fonte: Embrapa Gado de Corte.

Breno Lobato (MTb 9417-MG)
Embrapa Cerrados

Telefone: (61) 3388-9945

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/