16/06/17 |   Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação  Produção vegetal

Portal Alelo fortalece base de dados de instituições nacionais e internacionais

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Foto: Portal Alelo

Portal Alelo - Mapa de abrangência do Sistema AleloVegetal

Mapa de abrangência do Sistema AleloVegetal

Cada vez mais a informação sobre materiais genéticos armazenados em bancos das instituições de pesquisa estão detalhadas e precisas, seja com relação à classificação taxonômica ou aquelas relacionadas à localização de origem ou ainda de outros atributos. E o que é melhor: tais dados podem ser compartilhados entre organizações nacionais e internacionais. Hoje, em sua sala no Uruguai, um pesquisador pode “viajar” nas coleções de arroz do Banco Ativo de Germoplasma da Embrapa Arroz e Feijão, fazendo um passeio virtual em todos os pontos onde um determinado acesso dessa cultura existe no Brasil, se valendo da riqueza do Portal Alelo (sistema que permite o armazenamento de dados de materiais de origens animal, microbiano e vegetal, alimentado por curadores e equipes de maneira descentralizada).   

Estas facilidades agora chegam a mais uma instituição. Com intuito de facilitar o intercâmbio de acervo de dados e informações gerados com as atividades em recursos genéticos de microrganismos e de plantas, a Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia acaba de firmar o termo de adesão e confiabilidade com a Empresa de Pesquisa Agropecuária do Estado do Rio de Janeiro (Pesagro/RJ). Com isso, ambas as partes se comprometem a intercambiar informações confidenciais e não confidenciais inseridas, baixadas e compartilhadas no Portal Alelo.

A parceria com a Pesagro-RJ não é a primeira, pois outras instituições nacionais já trabalham com a Unidade e utilizam o Portal Alelo. Equipes de curadores do Instituto Nacional de Investigação Agropecuária (INIA-Uruguai) e o Instituto Paraguaio de Tecnologia Agrária (IPTA-Paraguai) também firmaram o termo de adesão e confiabilidade que, na prática, permite uma série de atividades e responsabilidades por parte dos curadores. Mas para atuarem juntos com as equipes da Embrapa os curadores das organizações parceiras participam de um treinamento nos módulos de referência do Alelo: passaporte, observação, conservação e estudos para validação de dados do acervo existente no sistema.

Conforme o pesquisador da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia Ivo Sias Costa após o treinamento os participantes compartilham as informações do evento em suas instituições e avaliam associarem-se ao Portal Alelo. Ele conta que esta ação para estimular as Organizações Estaduais de Pesquisa Agropecuária (OEPAS) a “utilizarem mais o Alelo e assim organizarem suas coleções tem alcançado excelentes resultados. “A Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária (Fepagro-RS) também já aderiu ao termo de adesão e confiabilidade, passando a associar-se ao Alelo”, comenta Costa.

Esta mesma ação com as Unidades Descentralizadas da Embrapa também registra resultados animadores. No começo de junho ocorreu um treinamento com a equipe da Amazônia Ocidental (Manaus-AM). Também participam de evento semelhante pesquisadores e curadores da Embrapa Clima Temperado (Pelotas-RS). Segundo Ivo Sias Costa o Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA) vêm apoiando as ações que incentivam as instituições a adotarem o Alelo como sistema para organizar a base de dados ou melhorar as informações já existentes.

Deva Rodrigues (MTB/RS 5297)
Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia

Telefone: (61) 3448-3266

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Conteúdo relacionado

Produtos, Processos e Serviços Ver mais

Serviço: Serviço web