22/09/09 |   Agricultura familiar

Prosa Rural - Floricultura como alternativa de renda para a agricultura familiar

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Setembro/2009 - 4ª semana - Todas as Regiões

O cultivo de flores como atividade econômica pode ser uma alternativa de renda para a agricultura familiar. Mas antes de iniciar a produção, o floricultor deve fazer um estudo do mercado e saber quais são as espécies que terão maior aceitação. O produtor deve estar atento também aos tratos culturais. As informações são da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig/MG).

O Prosa Rural desta semana conta com a participação da pesquisadora Simone Novaes Reis. Ela fala sobre as diferentes finalidades das flores, hoje usadas não apenas como enfeites. No Brasil, existe uma grande variedade de solos e climas e isso garante à produção nacional maior diversidade de flores no mercado.

A pesquisadora destaca a importância de o produtor buscar sempre mudas sadias. Isso ajuda a evitar problemas com pragas e insetos, que prejudicam os jardins. Ela destaca também a importância da satisfação dos clientes. Para isso é preciso estar atento à continuidade da produção e à qualidade das flores.

Quem também participa do Prosa Rural desta semana é o floricultor Antônio Jaques Taroco, do município de São João Del Rei, em Minas Gerais. Ele cultiva flores desde criança e conta que "o mercado está sempre precisando de produtos e exigindo novas variedades".

O Prosa Rural é o programa de rádio da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. O programa conta com o apoio do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome.

 

Região Norte

Região Nordeste/Vale do Jequitinhonha

Região Centro-Oeste/Sudeste

Região Sul

 

Rose de Oliveira
EPAMIG

Contatos para a imprensa

Telefone: (31) 3489-5022

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Encontre mais notícias sobre:

2009