19/07/17 |   Gestão Estratégica

Embrapa tem novos diretores-executivos

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

 - Novos diretores: Lúcia Gatto, Celso Moretti e Cleber Soares.

Novos diretores: Lúcia Gatto, Celso Moretti e Cleber Soares.

A nomeação dos novos diretores-executivos da Embrapa foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira, 19 de julho. A analista Lúcia Gatto assume a Diretoria-Executiva de Administração e Finanças, o pesquisador Celso Luiz Moretti assume a Diretoria-Executiva de Pesquisa e Desenvolvimento, e o pesquisador Cleber Oliveira Soares assume a Diretoria-Executiva de Transferência de Tecnologia.

O processo de seleção dos novos diretores foi regido pelo Decreto nº 8.945/2016, que regulamenta a Lei das Estatais e conduzido pelo Conselho de Administração da Embrapa (Consad), que instituiu uma comissão de apoio para verificar os documentos enviados pelos 142 inscritos, conforme o item 6 da Resolução do Consad nº 160, de 11 de abril de 2017.

Depois da análise prévia de compatibilidade dos candidatos às exigências do processo seletivo, foi realizada a verificação da comprovação documental apresentada pelos candidatos e da ausência de vedações para indicação dos nomes para os cargos de diretores, conforme previsto no referido Decreto.

Coube também ao Consad a elaboração de lista tríplice para cada cargo, enviada para o Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Blairo Maggi, que por sua vez, fez a indicação dos nomes para as Diretorias da Embrapa ao Presidente da República, Michel Temer.

O presidente Maurício Lopes destaca o profissionalismo na condução do processo de seleção dos novos diretores, liderada pelo presidente do Consad, o secretário-executivo do Mapa, Eumar Novack, com pleno apoio do ministro Blairo Maggi. Segundo ele, os critérios técnicos foram plenamente respeitados durante todo o processo.

Lopes enalteceu, ainda, o papel dos três diretores que deixam os cargos, Vania Castiglioni, Ladislau Martin Neto e Waldyr Stumpf. "Faço aqui um reconhecimento público à parceria estabelecida com esses diretores que desempenharam um papel comprometido com as diretrizes da Embrapa e deixam para a história da Empresa uma contribuição marcada pela ética, dedicação, responsabilidade e carinho pela instituição".

Para o novo período de gestão que se inicia, o presidente destaca, "temos desafios enormes no presente e lidamos com uma grande expectativa da sociedade e de nossas equipes internas quanto ao nosso papel perante o futuro da agropecuária brasileira. Com serenidade e muita disposição, vamos ao trabalho, certos de que contaremos com o apoio de toda a Empresa".

Mudanças

Lúcia Gatto substitui Vania Beatriz Castiglioni na Diretoria-Executiva de Administração e Finanças. Celso Luiz Moretti substitui Ladislau Martin Neto na Diretoria-Executiva de Pesquisa e Desenvolvimento e Cleber Oliveira Soares sucederá Waldyr Stumpf Junior na Diretoria-Executiva de Transferência de Tecnologia.

Quem são os novos diretores

Lúcia Gatto possui graduação em Zootecnia pela Universidade Federal de Santa Maria, UFSM (1988), especialização em Gestão Empresarial pela Universidade Católica Dom Bosco, UCDB (1999) e em Engenharia de Produção - Marketing para Gestão Empresarial pela Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC (2001). É analista da Embrapa Gado de Corte, tendo desempenhado as funções de substituta do supervisor da Área de Negócios Tecnológicos (novembro de 1998 a março de 1999), supervisora da Área de Negócios Tecnológicos (março de 1999 a março de 2008), substituta do Chefe-Adjunto de Comunicação e Negócios (janeiro de 2005 a março de 2008), Chefe-Adjunta de Comunicação e Negócios (Março de 2008 a maio de 2009), Chefe-Adjunta de Administração (maio de 2009 até a presente data) e substituta do Chefe-Geral (setembro de 2010 até a presente data). Tem experiência na iniciativa privada, na qual trabalhou por quatro anos. Na Embrapa, atuou na área de transferência de tecnologia, comunicação, negócios, marketing, e em administração, especialmente em análise e melhoria de processos, gestão de pessoas, gestão orçamentária e financeira, gestão de patrimônio e suprimentos, gestão de campos experimentais vegetal e animal, gestão de produção animal, gestão ambiental e gestão da segurança da informação. (Curriculum lattes)

Celso Luiz Moretti exerceu até o momento o cargo de chefe do Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento (DPD). Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa (1990), especialização em engenharia de produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (2003), mestrado (1993) e doutorado (1998) em Fitotecnia (Produção Vegetal) pela Universidade Federal de Viçosa. É professor convidado do Departamento de Horticultura da Universidade da Florida, Gainesville, EUA, desde 2006; professor colaborador e orientador de estudantes de pós-graduação do Departamento de Nutrição Humana da Universidade de Brasília e professor honorário do Departamento de Agroindústria da Universidad Nacional del Santa (Peru), desde 2010. Foi Chefe-Geral da Embrapa Hortaliças, em Brasília, DF, de agosto de 2008 a março de 2013. Tem experiência na área de Ciência e Tecnologia de Alimentos, com ênfase em Fisiologia Pós-Colheita, atuando principalmente nos seguintes temas: qualidade, hortaliças, pós-colheita, armazenamento, segurança dos alimentos, rastreabilidade, compostos bioativos e processamento mínimo. (Curriculum lattes)

Cleber Oliveira Soares foi até o momento Chefe-Geral da Embrapa Gado de Corte, onde ingressou em 2001. Exerceu, de 2005 a 2010, o cargo de chefe-adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento daquela Unidade. É médico veterinário pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro-UFRRJ (1996), mestre em parasitologia veterinária (UFRRJ, 1998) e doutor em ciências veterinárias (UFRRJ, 2002). Foi membro titular do Comitê Assessor Externo (CAE) da Embrapa Pantanal e membro do CAE da Embrapa Gado de Leite. Atualmente é membro do CAE da Embrapa Informática Agropecuária e da Embrapa Suínos e Aves. Foi Coordenador da Rede Sibratec de Inovação para Insumos em Sanidade Animal do Ministério da Ciência Tecnologia e Inovação - MCTI. Foi Coordenador para as Américas da Rede Global de Pesquisa e Inovação em Sanidade Animal - Star-Idaz. É Membro do Conselho Técnico do Instituto Fórum do Futuro. Ocupou o cargo de Secretário Geral da Sociedade Brasileira de Defesa Agropecuária – SBDA. Nos últimos 14 anos, tem atuado em gestão de ciência, tecnologia e inovação para o agronegócio. Foi Membro do Comitê Gestor das Estratégias da Embrapa. (Curriculum lattes)

Secretaria de Comunicação

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Encontre mais notícias sobre:

diretoria-executivagestão