21/07/17 |

Revista PAB cria seção dedicada à Agricultura Digital

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Foto: Imagem: Lúcio Scartezini

Imagem: Lúcio Scartezini -

A revista Pesquisa Agropecuária Brasileira – PAB lança neste mês a seção Agricultura Digital em suas edições e abre espaço para a divulgação da produção científica em uma área do conhecimento relativamente nova e de grande impacto no desempenho, sustentabilidade e produtividade da agropecuária.

Em 2016, ao se apresentar no 4º Foro de Agricultura da América do Sul, a pesquisadora e chefe-geral da Embrapa Informática Agropecuária, Silvia Massruhá, destacou o cenário do mundo rural em torno da chamada Agricultura 4.0, baseada na produção digital, e os desafios que essa realidade impõe a uma agricultura moderna e globalizada. (veja matéria na íntegra).

E foi a própria Embrapa Informática Agropecuária junto com o Conselho Assessor Externo (CAE) da Embrapa Informação Tecnológica, do qual a pesquisadora Silvia é integrante, a identificar a relevância de incluir a Agricultura Digital como uma seção da revista PAB, diante da demanda de especialistas que não dispunham de um periódico no Brasil com conceito e com uma linha editorial de abordagem científica onde pudessem publicar seus artigos.

Para os editores da revista, a criação deste espaço aproxima ainda mais a PAB das novas tendências da agricultura e representa um importante nicho para o mercado editorial. “Entendemos que esta é uma oportunidade para o cientista desta área do conhecimento, que passa a contar com um veículo onde ele pode expor suas ideias e divulgar o conhecimento resultante de sua pesquisa”, enfatiza o pesquisador e editor-chefe do periódico, Emilson França de Queiroz.

A Agricultura Digital pode ser entendida como os avanços científicos verificados no campo a partir do uso de tecnologias na produção agropecuária, como sensores (aéreos, terrestres, em máquinas, equipamentos e infraestrutura), para coletar informações e o processamento de dados - sobre água, clima, solos e nutrientes, por exemplo -, que possibilitem antever as situações e ajudem na tomada de decisões, seja para o produtor seja para os formuladores de políticas públicas, garantindo produtividade e sustentabilidade no campo.

Esses são pilares que têm orientado o trabalho da Embrapa diante de desafios que precisam de respostas cada vez mais rápidas: na atual programação de pesquisas da Empresa, mais de 20 projetos são dedicados ao tema da transformação digital e da automação na agricultura.

A nova seção vai acolher artigos relacionados à pesquisa agropecuária que tratem de assuntos como modelagem e simulação; redes de sensores; sistemas inteligentes (mineração de dados, redes neurais, sistemas de suporte à decisão); aplicações de big data; integração e interoperabilidade de dados, entre outros. Os autores interessados em submeter seus trabalhos à PAB podem consultar as orientações e os critérios específicos da revista (confira em Instruções aos Autores).

Periódico científico - A revista PAB tem periodicidade mensal e desde sua criação, há 52 anos, vem trabalhando para fortalecer seu papel como veículo de disseminação do conhecimento técnico-científico, com investimentos na formação de equipe própria e adoção de novas tecnologias, para tornar mais eficientes os fluxos editoriais, a qualificação dos artigos e a visibilidade da revista junto à comunidade científica nacional e internacional.

Edições temáticas, publicação dos artigos em inglês, indexação na SciELO e nas principais bases internacionais são resultados importantes conquistados pela revista. Agora, com a inclusão da Agricultura Digital em suas edições, vem confirmar sua atenção aos desafios e ao potencial deste segmento para o futuro da agricultura.

Maria Luiza Costa Brochado (DRT 763/DF)
Embrapa Informação Tecnológica

Telefone: (61) 3448 2479

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Encontre mais notícias sobre:

revista pabpesquisaperiódico científicoagricultura digitalenglish