27/07/17 |   Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação

Bolsistas da Embrapa Amazônia Ocidental apresentam resultados de projetos de iniciação científica

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Foto: Fernando Goss

Fernando Goss - Bolsistas com seus orientadores

Bolsistas com seus orientadores

A Embrapa Amazônia Ocidental realizou entre os dias 25 e 27, o XIV Jornada de Iniciação Científica, reunindo os resultados dos projetos que bolsistas desenvolveram na instituição de pesquisa durante um ano. Nos três dias, um total de 29 bolsistas apresentaram trabalhos em diferentes áreas do conhecimento, como biologia, ciências agrárias, tecnologia da informação, engenharia ambiental, zootecnia, entre outras.

O Programa de Iniciação Científica da Embrapa Amazônia Ocidental conta com apoio Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), por meio do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic), e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), por meio do Programa de Apoio à Iniciação Científica do Amazonas (Paic/AM). O programa é coordenado pelo Comitê Interno de Bolsistas e Estagiários (CIBE).

Na abertura do evento, o chefe-adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Amazônia Ocidental, Roberval Lima salientou a importância das bolsas de iniciação científica para a formação dos estudantes. “É um momento que esses alunos têm contato com métodos de pesquisas, desenvolvem projetos com objetivos e com resultados. É uma forma de despertar a vocação para quem quer seguir a carreira de pesquisador”, ressaltou Lima.

Os trabalhos foram avaliados por uma banca composta por pesquisadores da Embrapa e pela pesquisadora convidada, Isolde Kossmann Ferraz, do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa).

Para a estudante Larissa Ianca Silva, que cursa o nono período de zootecnia na Universidade Federal do Amazonas (UFAM), participar do programa foi essencial para decidir por seguir na carreira acadêmica após se formar na graduação. Orientada pelo pesquisador Jony Dairiky, Larissa apresentou os resultados da pesquisa que realizou avaliando a alimentação de tambaquis com resíduos da cultura da banana. “Durante o período da bolsa, temos que enfrentar desafios, corrigir erros de metodologia e apresentar resultados”, disse Larissa.

Já a estudante do curso de ciência biológicas da Universidade Nilton Lins, Cibele Azamora dos Santos, destacou a importância da bolsa de iniciação científica para sua formação acadêmica. “Aqui na Embrapa tivemos a possibilidade de realizar experimentos em laboratórios, com orientação de pesquisadores qualificados e que estão ajudando muito no meu aprendizado”. Orientado pelo pesquisador Ricardo Lopes, Cibele desenvolveu um projeto na área de melhoramento genético da palma de óleo, e afirmou que a experiência a encorajou a continuar trabalhando com pesquisa.

Bolsistas CNPq

Ana Maria Sousa da Silva é orientada pela analista Cláudia Majolo para desenvolver o trabalho: “Atividade Antiparasitária de quimioterápicos sobre acantocéfalos”

Caio Francisco Santana Farias é orientado pela pesquisadora Edsandra Campos Chagas, com o trabalho: “Emprego do albendazol no controle do acantocéfalo Neochinorhyncus buttnerae em tambaqui (Colossoma macropomum)  

Kellen Chistine Andrade Rodrigues, orientada pela pesquisadora Maria Geralda de Souza, com o trabalho: “Atividade Antagônica de Trichoderma sp à Moniliophthora perniciosa, agente causal da vassoura-de-bruxa do cupuaçuzeiro”.


Lorena Ianka Pontes da Silva, orientada pelo pesquisador Jony Koji Dariki, com o trabalho: “Determinação do coeficiente de digestibilidade aparente dos resíduos de bananicultura para juvenis de tambaqui”.


Luan Ferreira de Oliveira, orientado pela pesquisadora Fernanda Loureiro de A O’Sullivan (CNPq), com o trabalho: “Desenvolvimento de técnicas de imunohistoquímica na Embrapa Amazônia Ocidental”.


Maísa Silva dos Santos, orientada pelo pesquisador Francisco Célio Maia Chaves com o trabalho: “Aclimatização de plântulas provenientes de cultivo in vitro de Piper marginatum Jacp.


Mayara Medeiros Bulbol, orientada pela pesquisadora Cristiane Krug, com o trabalho: “Curculionídeos atraídos às inflorescências femininas do caiaué, HIE e retrocruzamento com genitores recorrentes (dendê e caiaué) no Campo Experimental do Rio Urubu/Rio Preto de Eva/AM”.


Thiago Moraes Pantoja e Silva, orientado pelo pesquisador Inocêncio Junior de Oliveira, com o trabalho: “Avaliação de genótipos de milho em terra firme no Amazonas”.


Eduardo José Dias da Silva, orientado pelo pesquisador Everton Rabelo Cordeiro com o trabalho: “Calogênese in vitro em anteras de seringueira”.    


Bolsistas Fapeam


Allex de Lima Sousa, orientado pelo analista Marcos Filipe Alves Salame, com o trabalho: “Processamento de imagens com o uso de inteligência artificial de forma automatizada para auxiliar na tomada de decisão da produção de guaraná”.    

Alessandra dos Santos Gomes, orientada pela analista Indramara Lobo de A V Meriguete, com o trabalho: “Organização de Indicadores mercadológicos para criar o Anuário de Boas Práticas de Mercado, a fim de fortalecer a cadeia de valor do guaraná”.


Cibelle Azamora dos Santos, orientada pelo pesquisador Ricardo Lopes, com o trabalho: “Calogênese primária in vitro em embriões zigóticos de progênies de RC1 (E oleífera x E Guineensis) x E. guineenses

Daniel Nascimento Motta, orientado pela pesquisadora Regina Caetano Quisen, com o trabalho: “Germinação de embriões zigóticos de dendezeiro híbrido interespecífico em sistema de cultivo de imersão temporária”.    

Daniele Coelho Façanha, orientada pela pesquisadora Mirza Carla Normando Pereira com o trabalho:  “Otimização da multiplicação in vitro de bananeira”.

Dayse Carvalho da Costa orientada pela pesquisadora Cheila de Lima Boijink com o trabalho: “Avaliação do potencial anti-helmíntico dos resíduos da bananeira para controle de monogenea de tambaqui”

João Antônio dos Santos Monteiro, orientado pelo pesquisador Francisco Célio Maia Chaves, com o trabalho: “Sistemas de armazenamento em sementes de Plukenetia volubilis Linneo”  

Juliane da Silva Fontes, orientada pelo pesquisador Adauto Maurício Tavares, com o trabalho: “Biologia da linhagem sexuada do tripes do Guaranazeiro Pseudophilothrips adisi (zur Strassen) (Thysanoptera: Phlaeothripidae”.

Larissa Monteiro Pinheiro, orientada pelo pesquisador Aleksander Muniz, com o trabalho: “Atributos microbiólogicos em latossolo amarelo em plantio direto de milho na Amazônia” .

Larissa Yanka Batista Marajó, orientada pela pesquisadora Lucinda Carneiro Garcia, com o trabalho: “Desenvolvimento de mudas de Tucumã do Amazonas (Astrocaryum aculeatum G. Meyer)/Arecaceae, produzidos em diferentes recipientes.

Leandro Bruno de Queiroz, orientado pelo pesquisador Silas Garcia Aquino de Sousa, com o trabalho: “Estimativa de biomassa em sistemas agroflorestais implantados para recuperação ambiental de pastagens degradadas”.

Loraine Sousa da Silva, orientada pelo pesquisador Everton Rabelo Cordeiro, com o trabalho: “Geração de novos clones de seringueira por meio da polinização controlada”.


Lucenilda Alemão de Oliveira, orientada pelo pesquisador José Nestor de Paula Lourenço, com o trabalho: “Sistematização de práticas para adubação orgânica no município de Iranduba”.


Luiz Felipe Feitosa de Souza Lima, orientado pelo pesquisador José Olenilson Costa Pinheiro, com o trabalho: “Análise de Viabilidade Econômica e Financeira do Sistema de Produção Integração Lavoura-Pecuária- Floresta (ILPF), no município de Autazes-AM”.

Paula Esquerdo dos Santos, orientada pelo pesquisador Roberval Monteiro Bezerra de Lima, com o trabalho: “Alocação de biomassa e sequestro de carbono em plantios florestais na Amazônia: Tachigalia vulgaris – componente radicular”.

Paulo Igor Moraes da Silva, orientado pelo analista Marcos Filipe Alves Salame, com o trabalho: “Solução móvel para controle dos custos de produção e lucratividade de acordo com a variabilidade de quantidade e preços dos recursos necessários para o plantio do guaraná”.


Thais Carla Vieira Alves, orientada pela pesquisadora Kátia Emídio da Silva, com o trabalho: “Espacialização das áreas de coleta e/ou produção de sementes legalizadas na Amazônia”.

Thayssa Larrana Pinto da Rocha, orientada pelo pesquisador Jony Koji Dairiki, com o trabalho: “Avaliação do desempenho zootécnico de juvenis de tambaqui alimentados com resíduos de bananeira”.


Thiago Fernandes Sousa, orientado pelo pesquisador Gilvan Ferreira da Silva, com o  trabalho: “Análise da expressão de genes de Fusarium decemcellulare relacionados à biossíntese de IAA e putativamente relacionado com o superbrotamento durante a interação patógeno-hospedeiro”.


Vanessa do Socorro Martins de Matos, orientada pelo pesquisador Roberval Monteiro Bezerra.   

Verônica Fernandes Silva de Brito, orientada pelo pesquisador Lindomar de Jesus de Sousa Silva, com o trabalho: “Análise socioeconômica dos potenciais produtores de guaraná nos municípios do Estado do Amazonas: Iranduba, Manacapuru, Novo Airão, Presidente Figueiredo, Rio Preto da Eva, Itacoatiara (Novo Remanso) e Itapiranga”.

Fernando Goss (1065 MTB/SC)
Embrapa Amazônia Ocidental

Telefone: (92) 3303-7898

Maria José Tupinambá (114 DRT-AM)
Embrapa Amazônia Ocidental

Telefone: (92)3303-7898

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Galeria de imagens

Encontre mais notícias sobre:

iniciação científica