03/08/17 |   Manejo Integrado de Pragas

Sistema de Alerta começa a monitorar a presença de mosca-das-frutas em pomares de pessegueiro na Serra Gaúcha

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Foto: Viviane Zanella

Viviane Zanella - O monitoramento é feito com o uso de armadilhas McPhail, iscadas com proteína hidrolisada, um tipo de atrativo alimentar

O monitoramento é feito com o uso de armadilhas McPhail, iscadas com proteína hidrolisada, um tipo de atrativo alimentar

Esta semana, técnicos da Embrapa Uva e Vinho e da Emater/RS-Ascar instalaram armadilhas para dar início ao programa de monitoramento da mosca-das-frutas (Anastrepha fraterculus) nos municípios de Bento Gonçalves, Farroupilha e Pinto Bandeira.

É o início do Sistema de Alerta Mosca-das-Frutas na Serra Gaúcha, que vai auxiliar os produtores a manejar a principal praga que ataca as frutas de caroço, como pêssego e ameixa. Os dados serão avaliados semanalmente e os resultados irão chegar gratuitamente aos produtores e técnicos no formato de boletins informativos, que serão divulgados em diferentes meios semanalmente, às quartas-feiras, a partir do dia 16 de agosto.

“A nossa expectativa é conseguir dados a fim de orientar os produtores para que não sejam pegos de surpresa com infestações de moscas-das-frutas na colheita, evitando assim perdas na produção, e também auxiliar a racionalizar o uso de agroquímicos”, sintetiza Marcos Botton, pesquisador da Embrapa Uva e Vinho e um dos coordenadores da ação.

“O monitoramento é uma ferramenta que identifica a presença, ou não, da praga e quantifica o tamanho da população infestante, sendo, por isso, um procedimento indispensável para o adequado manejo da mosca. Assim o sistema de alerta irá posicionar todos os produtores da região quanto à necessidade de intervenção. Além de possibilitar o uso racional dos agroquímicos, irá refletir na redução dos riscos ao meio ambiente e trazer ainda mais segurança na produção e consumo desses alimentos”, acrescenta o assistente técnico regional da Emater/RS-Ascar de Caxias do Sul, Enio Todeschini.

O Sistema de Alerta é uma novidade para os fruticultores da Serra, mas já é uma ferramenta utilizada há sete anos pelos produtores da  Região de Pelotas (RS), que concentra mais de 95% da produção nacional do pêssego destinado à indústria. Naquela localidade, o Sistema foi criado e é coordenado pelo pesquisador da Embrapa Clima Temperado, Dori Nava.

O Sistema de Alerta Mosca-das-Frutas na Serra Gaúcha é coordenado pela Embrapa Uva e Vinho e Emater/RS-Ascar e conta com o apoio das Prefeituras Municipais de Bento Gonçalves, Farroupilha e Pinto Bandeira. Em breve serão divulgadas orientações para o recebimento do Boletim Informativo, que irá conter orientações técnicas parao controle da mosca-das-frutas.

 

Viviane Zanella (14404 DRT RS)
Embrapa Uva e Vinho

Telefone: 54-3455-8084

Rejane Paludo
Emater/RS-Ascar

Telefone: (54) 3223-5633

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Galeria de imagens

Encontre mais notícias sobre:

sistema de alertamosca-das-frutaspessegueiroalertaemater-rs