04/08/17 |   Transferência de Tecnologia

Dia de campo apresenta tecnologias de ponta para grãos no SEALBA

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Foto: Márcia Galina

Márcia Galina - Pesquisadores testam tecnologia em drone no experimento

Pesquisadores testam tecnologia em drone no experimento

Apresentar as mais recentes e avançadas soluções tecnológicas para agregar valor à cadeia produtiva de grãos na fronteira agrícola que engloba Sergipe, Alagoas e Bahia (SEALBA). Esse é o objetivo do dia de campo promovido pela Embrapa e parceiros de pesquisa e desenvolvimento, que acontece no dia 22 de agosto, no Campo Experimental Jorge Sobral, em Nossa Senhora das Dores, Médio Sertão Sergipano.

A ação integra o projeto de pesquisa desenvolvido pela Embrapa Tabuleiros Costeiros (Aracaju, SE) em cooperação empresas parceiras – Syngenta, Yara, Tecnoparts e Invento – esta última incubada no Sergipe Parque Tecnológico (SergipeTec), que busca desenvolver soluções tecnológicas avançadas para uma agricultura de precisão na região, garantindo diagnósticos precisos, aumentando a eficiência no uso de insumos e fortalecendo a sustentabilidade da produção.

Com início às 9 horas, o encontro deve reunir mais de 80 participantes, entre produtores agrícolas, assistentes e consultores técnicos, representantes de órgãos ligados à extensão rural e gestores do Estado e de prefeituras da região. A participação é gratuita, bastando apenas confirmar presença por e-mail ou telefone – tabuleiros-costeiros.eventos@embrapa.br / (79) 4009-1381.

Os participantes do dia de campo terão acesso ao experimento de plantio de milho no campo da Embrapa, e verão de perto a aplicação de tecnologias como a que ajusta equações para recomendação em tempo real de doses de nitrogênio em função do NDVI (Normalized Difference Vegetation Index, em inglês), obtido por meio de imagens aéreas com câmeras multiespectrais e outros tipos de sensores.

Tecnologias
NDVI equivale em português a Índice de Vegetação da Diferença Normalizada. Serve para analisar a condição da vegetação natural ou agrícola nas imagens geradas por sensores remotos, a exemplo de imagens de drones, satélites e outras tecnologias de sensoriamento remoto com câmeras especiais.

Entre suas diversas aplicações, a tecnologia serve para monitoramento de lavouras, detecção de efeitos de secas, detecção de danos provocados por pragas, estimativas de produtividade agrícola, determinação de dosagens variáveis e precisas de insumos por cada parcela, modelização hidrológica e mapeamento de áreas agrícolas.

“A recomendação de uso de insumos de forma racional por meio da agricultura de precisão será importante para aumento do lucro dos produtores de milho soja e outras culturas na região, além da diminuição dos riscos de contaminação ambiental pelo uso excessivo de insumos agrícolas”, explica Edson Patto, pesquisador da Embrapa que coordena o projeto.

Tv Aperipê --------------------         

Reportagem aborda as pesquisas em andamento sobre agricultura de precisão em Sergipe

 

SERVIÇO
O que: Dia de Campo – Agricultura de Precisão para Grãos no SEALBA
Quando: 22 de agosto (terça)  – 9h
Onde: Campo Experimental Jorge  Sobral – N. S. das Dores-SE – Google Maps https://goo.gl/maps/bdd6J3b41FA2
Inscrições: Gratuitas
Informações: tabuleiros-costeiros.eventos@embrapa.br / (79) 4009-1381

 

Saulo Coelho - Jornalista (MTb/SE 1065)
Embrapa Tabuleiros Costeiros

Telefone: (79) 4009-1381

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Galeria de imagens

Encontre mais notícias sobre:

milhosojagraossealbaagricultura de precisaodronendvi

Conteúdo relacionado