14/08/17 |   Produção animal  Recursos naturais

Curso ensina cálculo de pegada hídrica para produtos de origem animal

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Foto: Cristiane Fragalle

Cristiane Fragalle -

Uma pergunta frequente feita pela sociedade, especialmente pelos responsáveis pelo gerenciamento dos recursos hídricos é quanto de água se consome para produzir um quilograma de carne, ovo, milho, soja ou um litro de leite?

Nos últimos anos, diversos estudos têm sido realizados para responder a essa pergunta. Existem vários métodos que podem ser utilizados nesses estudos e o da pegada hídrica é um dos mais aceitos pela comunidade científica, empresas e governos. 

A pegada hídrica é definida como o volume de água consumido, direta e indiretamente para se ter o produto. A avaliação da pegada se propõe a ser uma ferramenta analítica que auxilia no entendimento de como o produto se relaciona com a demanda e a escassez hídrica.

Esse cálculo pode contribuir na geração de conhecimento a fim de manejar os recursos hídricos nas atividades agropecuárias e agroindustriais. Sua essência é a mesma desenvolvida pelas pegadas ecológica e de carbono, entender os sistemas de produção como elos de uma cadeia produtiva, que se inicia na geração de insumos e termina na oferta de produtos ao consumidor.

Pesquisadores, profissionais e estudantes de pós-graduação que atuam na área de produção animal e gestão ambiental das atividades agropecuárias e agroindustriais terão a oportunidade de participar da primeira capacitação em cálculo de pegada hídrica para produtos de origem animal oferecida na América do Sul.

A Embrapa Pecuária Sudeste promove o curso, em São Carlos (SP), entre os dias 22 e 24 de novembro, com aulas teóricas e práticas, e carga horária de 20 horas. As inscrições poderão ser realizadas exclusivamente pela Internet, no site https://www.embrapa.br/pecuaria-sudeste/curso-pegadahidrica , até o dia 20 de outubro, no valor de R$ 1.000,00 (um mil reais). 

Por ser uma capacitação na qual os participantes estarão aptos a calcular, interpretar e propor ações para reduzir os valores da pegada hídrica, as vagas são limitadas a 20 participantes, com seleção prévia baseada na formação acadêmica, experiências profissionais e área de atuação atual, além das respostas aos questionamentos na ficha de inscrição. 

Para o coordenador do curso, pesquisador da Embrapa Júlio Palhares, "O evento é uma oportunidade única de aprender como melhorar a eficiência hídrica dos produtos de origem animal e avaliar a sustentabilidade da atividade com relação ao uso da água". 

 

Serviço
Curso Cálculo de pegada hídrica para produtos de origem animal
Data: 22 a 24 de novembro de 2017
N.º de vagas: 20
Investimento: R$1.000,00
Prazo para inscrições: até o dia 20 de outubro, exclusivamente pela Internet, no site https://www.embrapa.br/pecuaria-sudeste/curso-pegadahidrica
 

Edilson Pepino Fragalle (MTB 21.837/SP)
Embrapa Pecuária Sudeste

Telefone: 16 3411-5625

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Encontre mais notícias sobre:

pegada hídricacursojulio palhareseventos