18/09/17 |   Agricultura familiar

Proteção de nascentes foi tema de encontro no Rio de Janeiro

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Foto: PMBdP

PMBdP - Alba e Fabiano prenderam a atenção dos mais de 100 produtores presentes

Alba e Fabiano prenderam a atenção dos mais de 100 produtores presentes

Os pesquisadores da Embrapa Solos (Rio de Janeiro-RJ) Alba Leonor da Silva Martins e Fabiano Balieiro foram os palestrantes do encontro de proteção das nascentes do município de Barra do Piraí (RJ), na noite do dia 11 de setembro.

Fabiano discorreu sobre legislação e a importância da proteção dos fragmentos florestais, enquanto Alba demonstrou um estudo de caso ocorrido no Maranhão.

O encontro teve como foco as ações que devem ser tomadas para a proteção e o enriquecimento do solo das fontes de água mineral do município. Barra do Piraí já conta com um projeto para cuidar das 272 nascentes catalogadas em 209 áreas no município, segundo informações do secretário de Agricultura, José Mauro Leite Lima.

“O projeto aguarda a verba do Ministério Público e, assim que for liberada, nós começaremos as ações de preservação das nascentes e seus solos, juntamente com as palestras para capacitar os produtores do município a como tratar essa questão”, disse José Mauro.

O projeto está calculado em pouco mais de R$ 2,5 milhões, com o custo de cerca de R$ 9,5 mil por nascente, de acordo com a Secretaria de Agricultura.

Localizada no centro da região Sul Fluminense, Barra do Piraí fica a uma distância da cidade do Rio de Janeiro de aproximadamente 100 km, sua população é de 94.855 habitantes.

Carlos Dias (20.395 MTb RJ)
Embrapa Solos

Telefone: (21) 2179-4578

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Encontre mais notícias sobre:

nascentesbarra do piraí