22/09/17 |   Produção animal

Parceria da Embrapa fortalece o Programa Agro+ MS

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Foto: Eliana Cezar

Eliana Cezar - Embrapa participa da solenidade de Adesão ao Plano Agro+MS

Embrapa participa da solenidade de Adesão ao Plano Agro+MS

A solenidade de adesão de Mato Grosso do Sul ao programa Agro + do Governo Federal, que objetiva desburocratizar o processo de produção do agronegócio e facilitar o trabalho dos produtores mantendo a qualidade e a sanidade dos produtos, ocorreu no início da noite desta quinta-feira, 21, juntamente com o lançamento do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) para o Curso Boas Práticas Agropecuárias (BPA) e a entrega de 22 veículos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) para a Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro). O evento que contou com as presenças do ministro da Agricultura, Blairo Maggi, do governador do Estado Reinaldo Azambuja e outras personalidades como da chefia da Embrapa e pesquisadores, aconteceu no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande, MS.

A Embrapa contribuiu de maneira significativa com o Estado na formulação do novo programa denominado Precoce MS que inclui o programa de modernização da produção de bovinos no Estado de MS, o PROAPE e o curso do BPA pela escola de Ensino a distância (EAD).

A nova política do PROAPE modernizou a antiga de incentivo à produção de novilho precoce no Estado do MS e direcionou para o estímulo das Boas Práticas Agropecuárias, adoção de tecnologias de baixo carbono, à gestão sanitária individual, ao associativismo e à melhoria na qualidade da carne.
“ Uma das ferramentas no âmbito do PROAPE é um aplicativo que possibilita ao produtor ou seu responsável técnico, simular os ganhos oferecidos pelo Governo e obter relatórios simplificados que o auxiliam na tomada de decisão quanto ao melhor momento de venda dos animais bonificados pelo programa, assim como os auxilia na melhoria do processo produtivo indicando os aspectos deficientes e que podem ser melhorados”, explica o Chefe-geral da Embrapa Gado de Corte Ronney Mamede.

Quanto ao BPA, cujo objetivo dessa cooperação é a transferência de tecnologia por meio da capacitação do setor produtivo, visa aumentar a rentabilidade e melhorar a competitividade dos sistemas produtivos; garantir a oferta de alimentos seguros ao mercado consumidor provenientes de sistemas de produção que respeitam o meio ambiente e o bem estar dos animais. O Curso é para capacitar responsáveis técnicos que possam atestar a execução do protocolo das boas práticas nas propriedades participantes do programa PROAPE-Precoce MS.

“Por meio dessas iniciativas o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul e a Embrapa, juntos, buscam contribuir para que, mediante melhorias tecnológicas e gerenciais, os consumidores tenham acesso a alimentos seguros e produzidos em sistemas que utilizam práticas voltadas ao bem estar animal, que atendam as legislações ambientais, fiscais, trabalhistas e sanitárias, além de outros benefícios”, declara o chefe-geral da Embrapa, que acrescenta: “Esperamos incrementar na rentabilidade e a competitividade dos sistemas produtivos de bovinos de corte e facilitar o acesso da carne bovina produzida em MS a mercados diferenciados”.


Autoridades destacam o trabalho da Embrapa
Na solenidade o secretário de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruck salientou as ações do Agro + enfatizando o curso on line do BPA onde o conhecimento da Embrapa é repassado e elogiou os avanços do governo para reduzir a burocracia no campo.

Maurício Saito, presidente da Federação de Agricultura e Pecuária do Estado (Famasul), em sua fala, representando os produtores de MS, saudou a Embrapa salientando o trabalho científico realizado pelas três Unidades do Estado atribuindo à instituição os significativos índices de produtividade. Falou dos incrementos na pecuária e que hoje MS é referência nacional em qualidade de carne. Ressaltou as ações do MAPA que possibilitam a competitividade do Estado na agropecuária.

O governador Reinaldo Azambuja destacou os avanços do Estado e da modernização que vai facilitar a vida das pessoas. Citou investimentos do Estado, da qualidade da produção de MS e de medidas de desburocratização que já vinham sendo feitas para acelerar o processo da produção.
 
Na cerimônia de adesão do Estado às ações do Governo Federal, instituindo o Agro + MS, o ministro da Agricultura, Blairo Maggi enfatizou a importância de desburocratizar o processo de produção do agronegócio. Afirmou que o programa irá melhorar a produção em MS e facilitar a vida dos envolvidos. Além da assinatura do programa em Campo Grande, o ministro participou durante a tarde em Corumbá/MS da inauguração do primeiro frigorífico que vai processar carne de jacaré em Mato Grosso do Sul.

O Precoce MS será operacionalizado pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (SEMAGRO), Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) e A Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro), com apoio do Ministério da Agricultura e abastecimento (Mapa), Embrapa Gado de Corte (Embrapa), CRMV/MS e CREA/MS, a Associação Sul-Mato-Grossense dos Produtores de Novilho Precoce (ASPNP) Federação de Agricultura e Pecuária do Estado (Famasul) Sindicato das Indústrias de Frios, Carnes e Derivados do Estado (Sicadems) e a Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul (Acrissul).

Os pecuaristas que aderirem ao Precoce MS e se enquadrarem nas exigências do programa terão redução no recolhimento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Para participar do Precoce MS é necessário que o produtor esteja credenciado no programa, tenha o Cadastro Ambiental Rural (CAR) em dia e credencie o rebanho.

Eliana Cezar (DRT 15.410/SP)
Embrapa Gado de Corte

Telefone: 67 3368-2142

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/