06/10/17 |   Biodiversidade  Comunicação

Biodiversidade brasileira pode estar ameaçada com a perda de abelhas

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

O desaparecimento das abelhas vem preocupando especialistas de todo o mundo. Além de fornecer produtos como mel e própolis, esses insetos são responsáveis pela polinização de 73% da produção agrícola. “O produto mais importante das abelhas é a polinização (...) Nós temos plantas que só conseguem produzir frutos ou grãos, se houver a presença da abelha. Ela aumenta ainda a qualidade do produto”, explicou a pesquisadora da Embrapa Meio-Norte (Teresina, PI) Fábia Pereira, em entrevista ao programa Conexão Ciência.

De acordo com a especialista, sem as abelhas, alguns alimentos desapareceriam do planeta ou seriam bem diferentes. Além disso, o serviço de polinização é bastante rentável. “Segundo dados da FAO, o serviço de polinização das abelhas rende para humanidade de 30 a 50 vezes mais do que a própria comercialização do mel e das ceras. Isso se deve justamente pela dependência que as culturas têm da produtividade por meio da polinização das abelhas”, ressaltou.

Diante disso, a conservação das abelhas é de extrema importância para a preservação ambiental e da biodiversidade e, também, é uma garantia de produção de alimentos e geração de renda para apicultores. Durante a entrevista, a pesquisadora comentou sobre o fenômeno detectado nos Estados Unidos chamado de Desordem do Colapso das Colônias (DCC), que é caracterizado pela redução rápida da quantidade de abelhas operárias de uma colônia, sem um motivo aparente. O que surpreende, segundo Fábia, é que ainda não se sabe a causa do DCC. No Brasil, o fenômeno ainda não foi oficialmente detectado.

Fábia explica que os motivos pelos quais as abelhas estariam desaparecendo no Brasil seriam a junção de vários fatores como o uso indiscriminado de agrotóxicos, mudanças climáticas e desmatamento. Com o objetivo de discutir o tema, será realizado o Simpósio sobre perda de abelhas no Brasil, em Teresina (PI), entre os dias 16 e 18 de outubro. “Nosso grande produto desse evento vai ser a elaboração de um Plano Nacional de Conservação da Abelhas que vai ser apresentado para o Ministério do Meio Ambiente”, ressaltou a cientista.

Assita aqui a entrevista na íntegra.

Secretaria de Comunicação da Embrapa - Secom

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Encontre mais notícias sobre:

conexão ciência