19/12/17 |   Gestão ambiental e territorial

Acordo busca preservação e revitalização da Bacia do Rio Jacuí

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Foto: Paulo Lanzetta

Paulo Lanzetta -

A Embrapa participou, na tarde de segunda-feira (18), de assinatura de cooperação-técnica entre o Ministério Público do Rio Grande do Sul (MP/RS) e o Instituto SafeWeb para realização de ações de preservação e revitalização da Bacia do Rio Jacuí, desde suas nascentes até o Lago Guaíba, na capital gaúcha. A parceria com a Embrapa deve ser firmada após elaboração do plano de trabalho, em março de 2018, durante o 8º Fórum Mundial da Água, em Brasília/DF.

A intenção do acordo é de colaboração para criação do Programa Jacuí Azul, que ajudará a proteger os mananciais na bacia hidrográfica do rio Jacuí e abrigará diversos projetos de preservação ambiental no Estado – mais especificamente, de despoluição de rios, arroios e riachos, a partir do fomento a práticas de desenvolvimento sustentável e de educação ambiental. 

Firmaram o termo o procurador-geral de Justiça do Estado, Fabiano Dallazen, e o diretor-presidente da empresa SafeWeb e secretário do Instituto SafeWeb, Luiz Carlos Zancanella. Fica a cargo do Instituto, portanto, desenvolver e implementar os projetos de preservação ambiental, além de mobilizar setores para realização das atividades e conscientização das comunidades. Já ao MP/RS caberá, entre outras atividades, o apoio técnico-institucional. 
 
Também participaram do ato o coordenador do Centro de Apoio Operacional de Defesa do Meio Ambiente (Caoma) e promotor de justiça, Daniel Martini; o promotor de Justiça Regional da Bacia do Rio dos Sinos, Felipe Teixeira Neto; o vice-presidente do Instituto SafeWeb, Valdir Bundchen; o economista e presidente do conselho consultivo do Instituto SafeWeb, Francisco Vila; e o chefe-geral da Embrapa Clima Temperado (Pelotas, RS), Clenio Pillon, representando o diretor-executivo de Inovação e Tecnologia da Embrapa, Cleber Soares.

De acordo como procurador-geral de justiça do RS, a sustentabilidade hoje é um dos principais eixos de qualquer estabelecimento, seja público ou privado. “Estou empolgado, muito satisfeito. Faremos de tudo para atingir os objetivos dessa configuração que firmamos hoje”, afirmou.

Para Zancanella, do Instituto SafeWeb, o convênio inaugura uma outra fase do projeto. “Que daqui a 15, 20 anos, a gente veja uma nova realidade a partir do que foi iniciado nesta sala aqui”, falou.

Por parte da Embrapa, Pillon agradeceu o convite e falou brevemente sobre as boas soluções tecnológicas que as 46 Unidades da Embrapa no país, e especificamente as quatro situadas no Estado, têm a oferecer ao trabalho. “Queremos trazer nosso know how e as competências e conhecimentos de uma rede que se articula conosco“, completou. 

Instituto SafeWeb

O Instituto SafeWeb, entidade sem fins lucrativos ligada à empresa Safeweb - Segurança da Informação, atua nas áreas ambientais e educacionais e mantém projetos como a Ecobarreira, que visa recolher o lixo flutuante do Arroio Dilúvio, em Porto Alegre/RS.

O Instituto também é responsável pelo Projeto Água Limpa, o qual propôs mudanças no modelo produtivo da comunidade ligada ao Rio dos Pratos, mais especificamente no município de Horizontina/RS, para melhorar a qualidade da água na região. A iniciativa, que serve como base para o acordo de revitalização da Bacia do Jacuí, é conduzida pelo sociólogo Valdir Bundchen, pai da modelo Gisele Bunchen.

A Bacia do Rio Jacuí é uma área de 73 mil km² que envolve 72 municípios do Rio Grande do Sul.

Francisco Lima (13696 DRT/RS)
Embrapa Clima Temperado

Telefone: (53) 3275.8206

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Encontre mais notícias sobre:

baciajacuíguaíbamp