22/12/17 |   Agricultura familiar

Pesquisadores constroem barragens subterrâneas em Moçambique

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Nos meses de novembro e dezembro, os pesquisadores Flávio Adriano Marques e Manoel Batista de Oliveira Neto da Embrapa Solos UEP Recife, e Henoque Ribeiro da Silva da Secretaria de Relações Internacionais da Embrapa participaram da Missão de Cooperação Técnica Brasil – Moçambique – Suíça, no Continente Africano.

A missão realizou a capacitação e transferência de tecnologia na coleta, armazenamento e uso de água de chuva através da construção de barragens subterrâneas (BSs) para técnicos do Instituto de Investigação Agrária de Moçambique (IIAM), técnicos da Cooperação Suíça (Horti_Sempre), agricultores e extensionistas dos Serviços Distritais de Atividades Econômicas e de outras instituições na região nordeste de Moçambique.

Com o apoio da Horti_Sempre – contraparte da Cooperação Suíça e implementadora do Projeto “Income creation through microirrigation in Northern Mozambique” – aconteceram workshop, visitas técnicas, dia de campo e a construção de barragens subterrâneas.
O workshop abordou os aspectos técnicos de construção de BSs, potencialidades e limitações dos solos para instalação de BSs e dimensionamento do volume de água de uma barragem e seus múltiplos usos.

As visitas técnicas foram na comunidade de Namiconha, onde discutiram-se questões relacionadas ao manejo do solo e da água, e também à Escola Familiar Rural em Mecuburi, onde foram repassadas orientações técnicas para reabilitação de uma BS. Além dessas ações, foi realizada um dia de campo, concomitante à construção de duas BSs (IIAM e comunidade de Monapo) todas localizadas na província de Nampula, nordeste de Moçambique.

De acordo com o pesquisador Flávio Marques, o IIAM recebe inúmeras visitas técnicas, excursões e delegações de diferentes províncias moçambicanas, e a barragem subterrânea construída na instituição terá como principal finalidade servir de Unidade Demonstrativa (UD) para difusão dessa tecnologia de captação e armazenamento de água de chuva por toda a região nordeste do país. O foco desta UD poderá ser a pesquisa científica, com a experimentação de hortaliças na área de influência da BS, bem como permitir o monitoramento da qualidade do solo e da água ao longo do tempo.

Diferente do IIAM, a segunda BS construída na comunidade de Monapo, a 130km de Nampula, possui outro papel principal como Unidade Demonstrativa, a de garantir a segurança alimentar. Ela terá como função captar e acumular água para produção de pequenas hortas na comunidade e dessedentação animal. Permitirá também o aumento da área agricultável de arroz, cana-de-açúcar, forrageiras.

 

Carlos Dias (20.395 MTb RJ)
Embrapa Solos

Telefone: (21) 2179-4578

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Encontre mais notícias sobre:

barragem subterrâneaenglishinternacionalmoçambique

Conteúdo relacionado

Soluções tecnológicas Ver mais

Prática agropecuária: Prática agropecuária