23/12/17 |   Comunicação  Gestão Estratégica  Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação

Balanço de Atividades de 2017 tem números otimistas para pesquisas da Embrapa

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

    O evento de encerramento do ano de 2017,  marcado no último dia 15 de dezembro, foi um dia cheio de atividades comemorativas e também de reconhecimento das realizações efetivadas pelas gestões de Pesquisa & Desenvolvimento, Transferência de Tecnologias (TT) e de Administração da unidade de pesquisa, em Pelotas,RS, a Embrapa Clima Temperado. O dia contou com a Reunião  Geral com Empregados para apresentação do Balanço de 2017, manifestação das entidades parceiras (AEE, SINPAF e FAPEG), sessão de reconhecimentos, vídeo de final de ano, inauguração do quintal orgânico de frutas da Sede e encerrando com o tradicional almoço de confraternização com toda equipe de trabalho.

Reunião Geral dos Empregados

    As quatro Chefias apresentaram informações sobre o desempenho da Unidade de pesquisas em 2017, em cada área de gestão.

    O chefe de P&D, Jair Nachtigal, destacou a execução atual de 44 projetos de pesquisa, sendo possível esperar 446 resultados previstos até 2021. Para o próximo ano, estão garantidos 19 planos de ação de projetos em andamento. E em 2018, a UD mantém-se com quase o mesmo número em liderança de projetos, no Sistema Embrapa de Gestão (SEG), ano de 2017, num total de 209 projetos. Foi apresentado também ao grupo de trabalho os projetos que se tornaram Destaques de 2017: Agregação de valor à cadeia da maçã; Arranjo Produtivo Local de Alimentos da Região Sul do RS; Práticas para redução na emissão de gases de efeito estufa em Terras Baixas;  Pastejando: aplicativo para planejamento forrageiro; Rota dos butiazais; Sistema de alerta para controle da mosca-das-frutas e Sistema de produção de cana-de-açúcar para o Rio Grande do Sul. Foram lembrados os novos produtos gerados pela pesquisa agropecuária neste ano como as publicações do Relatório da Produção Integrada do Arroz, do Cultivo de Soja e Milho em Terras Baixas do Rio Grande do Sul e Sistemas de Produção de Cana-de-Açúcar para o Rio Grande do Sul, além dos aplicativos Agromet e Pastejando. Cresceu igualmente o portfólio de cultivares, sendo lançado o arroz irrigado BRS A701 CL, a laranja Rubra Cara, o azevém BRS Integração e o feijão preto BRS Intrépido. Ao longo de 2017, a UD foi agraciada com oito premiações.

    Já o chefe de TT, João Costa Gomes, lembrou das inovações no ano de 2017 como a inauguração das instalações da sede própria da UMIPPT - braço de atuação da pesquisa no sudoeste do Paraná em parceria com instituições - e do Arranjo Produtivo Local (APL) Alimentos - uma ação captadora de recursos, alcançando mais de um milhão de reais.

Foram feitas 42 cooperações técnicas, três cooperações técnicas e financeira e dois contratos internacionais. Foi contabilizado, no primeiro semestre, 136 eventos realizados, e mais de nove mil agentes multiplicadores capacitados.
 
    Quanto ao chefe de Administração, José Dias Vianna Filho, mostrou a planilha de recursos orçamentários e a importância da captação de recursos e parcerias com empresas públicas e privadas para atender aos compromissos com projetos de pesquisa, as perspectivas de conclusão de obras, a movimentação de pessoas (quatro) que chegaram - incluindo o pesquisador Waldyr Stumpf Jr., que ocupa atualmente a função de Assessor Especial, e (quatro) que saíram da Unidade, além da preocupação em relação ao futuro do quadro de vagas de recursos humanos para os próximos anos na Empresa,  em especial, no local; e da importância de implementação de novos processos de acompanhamento e avaliação de desempenho individual dos empregados.

    E o chefe-geral, Clenio Pillon, trouxe três manisfestações marcantes de parceiros que apresentaram suas reações no ano de 2017 diante do clima organizacional da UD: dona Clair, da Servlimp; o produtor de batata, seu Natalino e o depoimento do Diretor de TT, Cleber Soares, da Embrapa Sede, em Brasília/DF sobre a Mostra e Degustação de Tecnologias, quando de sua visita à Unidade durante o evento Seminário de Pesquisa Desenvolvimento e Inovação em Debate, o PD&I em Debate. Ele lembrou da lógica de construir COM, de trabalhar em REDES e, pejorativamente, da equipe não se sentir como árvores apenas, mas florestas. "Sinto-me otimista pelo o quanto essa equipe de trabalho fez e fizeram em 2017", disse, emocionado, Pillon. A Chefia externou incansavelmente a diferença a cada dia de ter uma equipe que chega até o final do ano mantendo a calma, a tranquilidade e o comprometimento com a Empresa e a sociedade.

Sessão de Reconhecimentos

    Foram homenageados, através da entrega de certificados por tempo de serviço (entre 5 a 35 anos de Embrapa) mais de 20 empregados na oportunidade.


Vídeo de final de ano

    A edição de 2017, um vídeo que contempla o público interno, seu dia a dia nas atividades laborais e as relações entre os empregados, trouxe a temática de novelas brasileiras que marcaram época, numa linguagem divertida e emocionante. O vídeo é preparado pela equipe do Programa Terra Sul, do Núcleo de Comunicação Organizacional (NCO) da Unidade de pesquisas.

Inauguração dos Quintais Orgânicos

    Foram inauguradas as parcelas de instalação do projeto Quintais Orgânicos, nos campos experimentais da Unidade, em sua Sede, na BR 392, km 78. Ali, estão implantadas mudas de diversas variedades de frutas nativas com princípios de produção de base ecológica. A ação busca soberania alimentar para as populações de risco. De 2004 a 2016, foram implantados 2.018 quintais em 194 municípios do Sul do Brasil e do Uruguai, atingindo 60.701 beneficiários diretos. O Quintal instalado na Sede é o de número 2.091.

 

Cristiane Betemps (MTb 7418/RS)
Embrapa Clima Temperado

Telefone: (053) 3275-8215

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/