19/01/18 |   Mudanças climáticas

Chuva em Dourados já está 82% acima da média histórica

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Foto: Christiane Congro Comas

Christiane Congro Comas -

Faltando ainda 12 dias para terminar o mês de janeiro de 2018, a chuva registrada em Dourados até o momento já é a terceira maior dos últimos 38 anos. Os dados fazem parte da série de dados históricos do Guia Clima, da Embrapa Agropecuária Oeste. Até o momento já são 277,5mm de precipitação acumulada no mês.

Segundo o pesquisador da Embrapa Éder Comunello,  a média de chuvas em janeiro na cidade é de 152,2 mm e  os maiores valores já registrados foram de 299,7, em 1997 e 290,4mm em 2011. Ele informa que as chuvas devem continuar e acrescenta que “de acordo com os principais serviços de previsão do tempo, as chuvas deverão persistir nos próximos dias, o que poderá tornar esses dados ainda maiores”.

Eder destaca que esse cenário tem prejudicado muito a produção de hortaliças e revela uma preocupação especial com aproximação da época de colheita da soja. “Embora haja indicativos de que as chuvas poderão ser menos intensas e estejam previstos alguns dias de sol, a tendência geral é que o tempo permaneça chuvoso até o final do mês, adentrando no mês de fevereiro”, disse

Christiane Congro Comas (Mtb-SC 00825/9 JP)
Embrapa Agropecuária Oeste

Contatos para a imprensa

Telefone: (67) 3416-6884

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Encontre mais notícias sobre:

guia climaexcesso de chuvachuvaspreciptaçãochuvas em dourados