25/01/18 |   Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação

Mirapasto é tema da Tarde de Campo promovida pela Embrapa Pecuária Sul

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Foto: Gabriel de Bem

Gabriel de Bem - Produtores conheceram Mirapasto na Embrapa Pecuária Sul

Produtores conheceram Mirapasto na Embrapa Pecuária Sul

O Método Integrado de Recuperação de Pastagens (Mirapasto) foi o tema da Tarde de Campo que aconteceu nesta quarta-feira (24/01), nos campos experimentais da Embrapa Pecuária Sul, em Bagé. O evento, coordenado pelo pesquisador da Embrapa, Naylor Perez, em parceria com a Emater/RS-Ascar de Pedro Osório (RS), reuniu um grupo de produtores do município com o objetivo de apresentar as práticas de recuperação das áreas degradadas pelo capim-annoni, considerada a pior invasora de pastagens da Região Sul do Brasil.

Desenvolvido pela Embrapa Pecuária Sul, o Mirapasto melhora o potencial produtivo e reverte a degradação das pastagens sem a necessidade de mobilização do solo ou da dessecação total da vegetação. O método baseia-se em quatro pilares de manejo: controle de plantas indesejáveis adultas, correção e manutenção da fertilidade do solo, introdução de espécies forrageiras de inverno e de verão e controle da oferta de pasto. 

Lauri Centeno, 58 anos, Técnico agrícola e atual Diretor de Agricultura de Pedro Osório comenta sobre a dificuldade enfrentada com a planta invasora. “É um problema que a gente se depara na nossa região, como em toda região, e ela está afetando economicamente”, declara Centeno. O Diretor ainda manifesta a importância da pesquisa e de levar o estudo até os produtores rurais. “Em função da pesquisa que é feita, é muito interessante levar esses conhecimentos para eles, é importante isso”, pontua Lauri.

Texto: Gabriel de Bem

Felipe Rosa (14406/RS)
Embrapa Pecuária Sul

Contatos para a imprensa

Telefone: (53) 3240-4650

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Encontre mais notícias sobre:

pecuáriacontrole de invasoras