13/02/18 |   Agricultura familiar  Biodiversidade

Embrapa e parceiros iniciam Projeto Bom Sucesso em Porto Grande

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Foto: Aline Furtado

Aline Furtado - Participantes do evento.

Participantes do evento.

Serão incentivadas cadeias produtivas do açaí e andiroba

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Instituto de Pesquisa e Formação Indígena (Iepé), Conservação Internacional do Brasil (CI), Sebrae Amapá, Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Estado do Amapá (Iepa) e Embrapa Amapá deram início às atividades do Projeto Bom Sucesso, em solenidade ocorrida na Câmara de Vereadores de Porto Grande, na manhã da última sexta-feira, 9/2.

O “Projeto Bom Sucesso Sustentável: Cadeias produtivas do açaí e da andiroba gerando trabalho e renda na Floresta Nacional do Amapá”, tem como gestor o ICMBio. O objetivo é avançar os trabalhos de desenvolvimento agroextrativista desenvolvidos junto à Associação Agroextrativistas Ribeirinhos do Rio Araguari (Bom Sucesso), do município de Porto Grande, localizado no estado do Amapá, pertencente à demarcação reconhecida como Mosaico da Amazônia Oriental.

O chefe-geral Interino da Embrapa Amapá, Nagib Melém, ressaltou as atividades desenvolvidas pelo grupo técnico de pesquisa da empresa, na difusão de boas práticas de manejo de açaizais e manejo sustentável de andirobeiras para extração de óleo na região. “Firmamos o compromisso com a comunidade, com a possibilidade de desenvolver novos produtos da sociobiodiversidade, para agregar valor, aumento da renda e qualidade de vida local. A Embrapa continua à disposição para essas e outras parcerias”, destacou Melém.

A solenidade foi conduzida pelo consultor ambiental do ICMBio, Marcos Pinheiro, tendo ainda na mesa de abertura, além de Nagib Melém, o secretário municipal de Agricultura e Pesca de Porto Grande, Gilvan Mira Pantoja; o vereador de Porto Grande, Ulisses de Paula Guimarães da Silva (Licinho); a gestora ambiental do ICMBio, Sueli Pontes; a consultora Ambiental do Iepé, Renata Ferreira; o presidente da Associação Bom Sucesso, Raimundo Marques; e a líder comunitária de Bom Sucesso, Arlete Silva.

O secretário de Agricultura de Porto Grande, Gilvan Pantoja, destacou que “o diferencial nesta parceria com a associação é o engajamento da comunidade, que é um ponto forte na ampliação do trabalho”, informando ainda que “o Governo do Estado lançou recentemente o Selo Amapá para agregar mais valor aos produtos, sendo uma grande oportunidade para o fortalecimento dos trabalhos da comunidade”.

O evento contou ainda com discursos de agroextrativistas que estavam na plenária. Eles agradeceram pela realização do evento e fizeram perguntas sobre o projeto, como a informação sobre o cronograma das atividades específicas na comunidade, custeio de equipamentos e materiais, e sobre a participação de jovens da comunidade no desenvolvimento do projeto.

Morador do Araguari, o senhor Antônio Carlos, falou emocionado sobre a importância de se trabalhar projetos para a Amazônia. “É bom ver que tantos projetos e parceiros estão trabalhando em prol do desenvolvimento da Amazônia. E que estão reunindo os jovens para integrar as atividades. Pois, a minha maior preocupação é que a minha geração não acaba em mim”. Um jovem da comunidade de Bom Sucesso, Arimilton Silva, foi convidado a falar e destacou a participação dos jovens locais na Oficina de Educomunicação, que ocorreu na região da Flona Amapá (Floresta Nacional do Amapá), promovida no último mês de janeiro pelo ICMBio. “Foi uma boa oportunidade de envolvimento dos jovens. Que tenham outras oficinas e projetos. A juventude é esquecida, e podemos crescer e aprender cada vez mais. Foi muito bom ver os jovens representando a família e a sua comunidade”, concluiu Arimilton. O projeto Bom Sucesso foi aprovado via Edital Ecoforte Extrativismo, do Ministério do Meio Ambiente, para obter financiamento do Fundo Amazônia e da Fundação Banco do Brasil, gerido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Aline Furtado (Conrerp/DF: 1575)
Embrapa Amapá

Telefone: (96)32030287

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Galeria de imagens

Encontre mais notícias sobre:

agricultura familiarsociobiodiversidade