28/02/18 |   Agricultura familiar

Tecnofam coloca a agricultura familiar no mesmo padrão do agronegócio, afirma Jaime Verruck

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Foto: Divulgação Semagro

Divulgação Semagro - Reunião para tratar de assuntos sobre a organização da Tecnofam realizada na Embrapa

Reunião para tratar de assuntos sobre a organização da Tecnofam realizada na Embrapa

Para tratar dos detalhes da realização da Tecnofam – Tecnologias e Conhecimentos para Agricultura Familiar, que acontece na Embrapa Agropecuária Oeste em Dourados, de 17 a 19 de abril, e tem o Governo do Estado como principal parceiro e realizador, o Secretario de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, o Superintendente de Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, Produção e Agricultura Familiar, Rogério Beretta e o Diretor Presidente da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer), André Barros, estiveram em Dourados, na sexta-feira, 23 de fevereiro.

Para Jaime Verruck, a Tecnofam apresenta novas tecnologias e variedades, além de oportunizar o aprendizado de alta qualidade, coloca a agricultura familiar no mesmo padrão do agronegócio. Com um papel importante na difusão de tecnologias e, consequente, melhoria da produção de renda e qualidade de vida dos agricultores familiares, a Tecnofam se consolidou como o maior evento em agricultura familiar de Mato Grosso do Sul, chegando a sua terceira edição com uma maior participação do Governo do Estado em sua realização.

Voltado para grandes e médios produtores rurais e cooperativas, profissionais ligados à inovação, pequenos produtores rurais e cooperativas, estudantes de área correlata à atuação da Embrapa, agentes de transferência de tecnologia (TT-ATER), comunidade científica e acadêmica, consumidores urbanos, Institutos de Pesquisa, organizações não-governamentais (ONGs) e organismos de fomento, a Tecnofam é um evento que visa o contato com soluções tecnológicas, com enfoque na sustentabilidade da produção agropecuária, além de apresentar alternativas tecnológicas e arranjos de sistemas de produção, assim como maquinários, implementos e equipamentos voltados para agricultura familiar. “Mais importante ainda são as trocas de experiências e conhecimentos a partir de diferentes dinâmicas em transferência de tecnologias, através das estações a campo, oficinas, mostras e feira de produtos” afirmou o Secretário.

Ao criar um ambiente favorável para o conhecimento e a adoção de tecnologias que façam diferença no negócio agrícola de base familiar, o evento leva ciência e tecnologia para agricultores familiares apresentando mais de 20 tecnologias à campo, tais como: Sistema Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF); tecnologias para produção de leite, hortfruti; manejo da irrigação; adubação verde; tecnologias e manejo na cultura da mandioca; consórcio milho com forrageiras; Sistemas Agroflorestais (SAF´s); flores tropicais; plantas alimentícias não convencionais (PANCs) e plantas medicinais; rotação de culturas e Sistema Plantio Direto e ainda as oficinas: 1) enxertia de mudas frutíferas e outros; métodos de propagação de plantas; 2) Manipulação de plantas medicinais para produção de fitoterápicos; 3) manejo sanitário em bovinos; 4) Cultivo de horta em pequenos espaços; 5) Artesanato sustentável; 6) Associativismo e cooperativismo.

Kelly Ventorim - Assessoria Semagro ((Mtb 067/95 (MT)))
Embrapa Agropecuária Oeste

Contatos para a imprensa

Telefone: (67) 3318-5034

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Encontre mais notícias sobre:

tecnofamagricultura familiardouradosmato grosso do sultecnofam-2018tecnologias