11/04/18 |   Produção animal

Programas brasileiros de incentivo a caprinocultura serão mostrados em conferência na Índia

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Foto: Adilson Nóbrega

Adilson Nóbrega - Serão apresentadas experiências de incentivo à atividade que possam servir de referência ao Governo da Índia para desenvolvimento local

Serão apresentadas experiências de incentivo à atividade que possam servir de referência ao Governo da Índia para desenvolvimento local

Experiências brasileiras de políticas públicas e projetos de desenvolvimento que incentivam caprinocultura serão apresentadas pela Embrapa no evento “National Conference on Building a Vibrant Goat Sector in India”, que acontece nos dias 16 e 17 de abril em Nova Délhi, na Índia. A conferência, organizada pelo Departamento de Criação Animal e Pesca do Governo da Índia, Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida) e Fundação Bill & Melinda Gates pretende contribuir com discussões para o fortalecimento da atividade naquele país, com foco em questões como desenvolvimento, financiamento e mercado.

A Embrapa participará da conferência como uma das instituições convidadas pelo Fida, juntamente com institutos de pesquisa dos Estados Unidos e Austrália, e será representada pelos pesquisadores Marco Bomfim e Vinícius Guimarães, respectivamente chefe-geral e chefe adjunto de Transferência de Tecnologia da Embrapa Caprinos e Ovinos (Sobral-CE). As experiências brasileiras serão apresentadas por Marco no dia 16, em palestra sobre Desenvolvimento da Cadeia de Valor voltado para redução da pobreza, em sessão sobre experiências globais e prioridades estatais no evento.

Segundo Vinícius, serão apresentados dados referentes a políticas públicas brasileiras, como a inserção da produção de leite caprino no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), como de projetos e programas que colaboraram para o desenvolvimento da atividade, como Plano Brasil Sem Miséria, Rota do Cordeiro (parceria do Ministério da Integração Nacional e Embrapa) e Sustentare (projeto da Embrapa Caprinos e Ovinos voltado para agricultura familiar).

Para ele, Brasil e Índia convergem no interesse em adotar políticas de desenvolvimento para reduzir a pobreza rural e naquele país, a caprinocultura tem bom potencial. “Para muitos produtores, ela é a única opção de renda e o governo indiano percebe que, dedicando melhor cuidado à atividade, pode melhorar condições de vida de criadores”, afirmou Vinícius, que destacou também a oportunidade de aproximação institucional com o Governo da Índia e com Fida para construções de parcerias para projetos de pesquisa e desenvolvimento.

“Nós sempre quisemos nos aproximar da Índia e de suas instituições de pesquisa como o International Crops Research Institute for the Semi-arid Tropics [instituto indiano de pesquisa voltado para trópicos semiáridos] e teremos agora esta oportunidade. Com o Fida já temos parcerias e estamos evoluindo cada vez mais para uma agenda bilateral voltada para a pesquisa”, ressaltou Guimarães. Além da conferência, Marco e Vinícius também integrarão comitiva que visitará produtores rurais na cidade de Jodhpur, entre os dias 18 e 22 de abril.

Adilson Nóbrega (MTB/CE 01269 JP)
Embrapa Caprinos e Ovinos

Contatos para a imprensa

Telefone: (88) 3112.7413

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Encontre mais notícias sobre:

caprinoculturapolíticas públicas