26/04/18 |   Transferência de Tecnologia

Pesquisador da Embrapa Uva e Vinho apresenta a utilização de biobeds na Costa Rica

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Foto: M. Francisca Canovas de Moura

M. Francisca Canovas de Moura - Luciano Gebler

Luciano Gebler

Como descartar resíduos de agrotóxicos na propriedade rural sem poluir o meio ambiente? Essa é a pergunta-chave que o pesquisador Luciano Gebler da Embrapa Uva e Vinho vai responder na manhã do dia 03 de maio, na cidade de San José, na Costa Rica, com a palestra "Utilização de biobeds nos países de América Latina e no Caribe (ALC)", na sede do Instituto Interamericano de Cooperación para la Agricultura (IICA) durante o evento "Leitos biológicos na agricultura: uma boa prática para proteção da saúde e redução de perigo ambiental". O evento vai poder ser acompanhado pelo endereço virtual do evento.

Conforme Gebler, o Sistema Biobed é uma alternativa ambientalmente segura para tratar os resíduos líquidos de agrotóxicos que ficam no pulverizador após a aplicação ou derivados após a lavagem das máquinas. Esse volume, que geralmente é descartado diretamente no solo, com o uso do biobed é recolhido das rampas nas quais  são executadas as atividades com os agrotóxicos e pulverizadores e reunido em um local para tratamento. Ali é reproduzido, de maneira acelerada, o modelo de atenuação que acontece naturalmente no meio ambiente. Entre os pontos positivos da nova tecnologia destacam-se o baixo custo, a alta eficiência, a segurança ambiental e a adaptação às pequenas e grandes propriedades rurais. 

O sistema Biobed Brasil foi desenvolvido pela Embrapa Uva e Vinho, a partir do modelo biobed utilizado na Suécia desde 1993. Durante cinco anos, o pesquisador Gebler conduziu pesquisas visando à adaptação para as condições de clima temperado do Sul do Brasil. Segundo Gebler, "o Biobed cria um ambiente mais propício para os fungos lignolíticos (filamentosos brancos) que são os agentes microbiológicos degradadores de resíduos de agrotóxicos". A pesquisa também buscou auxiliar os produtores rurais para terem mais segurança jurídica, uma vez que a legislação determina serem eles os responsáveis pelo descarte desses resíduos líquidos gerados na propriedade, mas não deixa claro a forma correta de procedimento. 

O objetivo geral do evento "Leitos biológicos na agricultura: uma boa prática para proteção da saúde e redução de perigo ambiental" é contribuir para aumentar a adaptação da agricultura mediante a aplicação de tecnologias que reduzem o perigo de contaminação ambiental e protegem a segurança alimentar. O Instituto Interamericano de Cooperación para la Agricultura (IICA) é o organismo especializado em agricultura do Sistema Interamericano que apoia os esforços de Estados Membros para alcançar o desenvolvimento agrícola e bem-estar rural. 

Serviço: 
O que: palestra "Utilização de biobeds nos países de América Latina e no Caribe (ALC)" 
Quem: Luciano Gebler, pesquisador da Embrapa Uva e Vinho 
Onde: Instituto Interamericano de Cooperación para la Agricultura (IICA) em San José, Costa Rica 
Quando: 03/05/2018, às 9h30min

*Mais informações, transmissão simultânea e fórum virtual através do site do evento na página do Iica

Mª Francisca Canovas de Moura (7168 DRT/RS)
Embrapa Uva e Vinho

Contatos para a imprensa

Telefone: 54-3455-8120

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Encontre mais notícias sobre:

biobediicapalestraluciano gebler

Conteúdo relacionado

Soluções tecnológicas Ver mais

Processo: Para obtenção de outro produto químico ou biológico