24/04/18 |   Agroecologia e produção orgânica

Unidades da Embrapa no RJ unem-se para realizar Mountains 2018

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Agricultura de montanha e agroecologia, turismo rural, experiências de desenvolvimento sustentável e adaptação às mudanças climáticas são apenas alguns dos temas que serão abordados na II Conferência Internacional sobre Pesquisa para o Desenvolvimento Sustentável em Regiões de Montanhas, evento integrante do Mountains 2018, cuja organização conta com a participação das três Unidades da Embrapa no Rio de Janeiro. A conferência será realizada de 12 a 14 de dezembro, em Nova Friburgo, na região serrana fluminense, e está com inscrições abertas para a submissão de resumos aos simpósios que integram a programação.

Os simpósios abordarão temas ligados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU (ODS), sob a coordenação de representantes de 13 países: Brasil, Chile, Índia, China, Austrália, Peru, Equador, Paquistão, Portugal, Suíça, Argentina, Alemanha e África do Sul. “Palestrantes conceituados apresentarão os resultados de pesquisa em regiões montanhosas, com um olhar para a conexão entre ciência e políticas públicas, trazendo subsídios e estratégias para que a pesquisa possa contribuir e motivar a gestão integrada e sustentável”, aponta a pesquisadora Rachel Prado, da Embrapa Solos, uma das organizadoras do evento. 

Além da conferência, o Mountains 2018 englobará o III Workshop sobre Desenvolvimento Sustentável em Ambientes de Montanha, de 10 a 12 de dezembro, sob o tema Experiências e desafios para as políticas públicas sustentáveis. A expectativa é promover o debate de iniciativas que visam à gestão sustentável dos ambientes de montanha, envolvendo os diversos atores que atuam nesses espaços. “Como o Brasil ainda não tem políticas públicas específicas para as montanhas e o desconhecimento em torno desse tema é muito grande, idealizamos esse workshop como uma forma de discutir essa temática com vários segmentos da sociedade, como ONGs, instituições de ensino e pesquisa, governos locais, regionais e federais, empreendedores, agricultores e montanhistas, entre outros”, conta a pesquisadora Adriana Aquino, da Embrapa Agrobiologia.

O workshop envolverá quatro mesas-redondas: Desafios para ação e manejo sustentável dos ambientes de montanha, Aliança para as montanhas – trazendo a visão global para as áreas de montanha, Impactos das alterações climáticas e experiências relacionadas aos desastres naturais e, finalmente, Contribuições internacionais para políticas públicas nacionais em ambientes de montanhas. Também haverá três painéis, nos quais serão discutidos projetos e experiências nessas localidades, como a produção e estratégias de agregação de valor, o pagamento por serviços ambientais, experiências e políticas e práticas relacionadas ao montanhismo. 

“Para os debates, estamos trazendo especialistas do Brasil e também de Portugal, Escócia, Suíça, Estados Unidos, Alemanha, Itália, Peru, Guatemala, Argentina, Equador e Chile”, antecipa Aquino, informando ainda que as inscrições para as sessões paralelas espontâneas serão abertas em breve. “Espera-se que seja um marco para o Brasil na busca de soluções e desenvolvimento sustentável para esses ambientes”, opina.

Excursões técnicas

O Mountains 2018 também terá um dia inteiro para a realização de excursões técnicas relacionadas à conservação ambiental na região serrana do Rio de Janeiro. “A ideia é mostrar como é possível valorizar a paisagem e a geração de renda de forma sustentável, a partir da integração harmônica das comunidades com os espaços onde vivem”, fala o pesquisador Renato Assis, da Embrapa Agrobiologia.

Ao todo serão oito excursões, no dia 12, divididas nas seguintes temáticas: estratégias agroecológicas, agricultura familiar, sistemas agroflorestais e fruticultura orgânica, releitura da tradição, produção animal e agregação de valor, uso sustentável e serviços ecossistêmicos, preservação ambiental e turismo ecológico, e, por fim, gestão de áreas de risco ambiental em espaços urbanos montanhosos.

O evento

Esta será a segunda edição do Mountains. A primeira foi realizada em 2016, em Bragança, Portugal, também com a participação da Embrapa. Na ocasião, foi lançada a Rede de Investigação de Montanha da Lusofonia – LuMont, justamente com o intuito de fortalecer o intercâmbio entre os países de língua portuguesa. Neste ano, espera-se também ampliar essa troca de experiências para os países da América Latina e do Caribe.

“A grande expectativa do Mountains 2018 é ampliar a discussão sobre os ambientes de montanha em todo o mundo, estimulando a articulação e a formação das redes de pesquisa nesses ambientes nos diversos níveis”, diz o pesquisador Mauro Pinto, da Embrapa Agroindústria de Alimentos. “Particularmente no Brasil, espera-se incentivar o debate dos setores público e privado e da sociedade civil para a elaboração da política nacional de desenvolvimento sustentável nos ambientes de montanha”, finaliza.

O Mountains 2018 conta com a chancela da Unesco e o apoio de várias instituições nacionais e internacionais. A organização é de instituições do Brasil, Portugal e Escócia: Embrapa, Centro de Investigação de Montanha, Instituto Politécnico de Bragança, Universidade Federal do Ceará, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Crescente Fértil, Unesco, Mountain Partnership e University of Highlands and Islands. O evento está sendo promovido também como parte das comemorações dos 200 anos do município fluminense de Nova Friburgo.

Sobre os resumos

Os interessados em participar da II Conferência Internacional sobre Pesquisa para o Desenvolvimento Sustentável em Regiões de Montanhas podem encaminhar seus resumos por meio do site do evento: http://www.mountainsbr.com/pt/resumo. O texto deve estar em inglês e precisa estar alinhado a um dos 24 temas dos simpósios. No entanto, caso ele não se insira em nenhum dos assuntos pré-programados, é possível se inscrever na sessão aberta e propor um tema. O prazo final para o envio do resumo é 31 de maio.

As inscrições para quem quiser ir ao Mountains também já estão abertas. É possível se inscrever para assistir a apenas um dos eventos ou aos dois.

 

Serviço
Mountains 2018
III Workshop sobre Desenvolvimento Sustentável em Ambientes de Montanha – 10 a 12 de dezembro
Excursões técnicas – 12 de dezembro
II Conferência Internacional sobre Pesquisa para o Desenvolvimento Sustentável em Regiões de Montanha – 12 a 14 de dezembro
Nova Friburgo/RJ
Informações: http://www.mountainsbr.com/PT/

Liliane Bello (MTb 01799/GO)
Embrapa Agrobiologia

Contatos para a imprensa

Telefone: (21) 3441-1500

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Encontre mais notícias sobre:

agricultura de montanhamountains2018mountains