16/05/18 |   Transferência de Tecnologia

Feira apresenta tecnologias para as lavouras de soja do Nordeste Paraense

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

 - Lavoura de soja

Lavoura de soja

Duas cultivares de soja com elevado potencial de rendimento de grãos e proteção contra as principais lagartas da cultura da soja serão apresentadas pela Embrapa na Agroshow Coopernorte 2018. Os especialistas da Empresa vão também demonstrar na prática como identificar pragas e doenças nas lavouras. O evento acontece nos dias 17, 18 e 19 de maio, em Paragominas (PA).

A BRS 9383IPRO e BRS 9180IPRO são materiais de soja que foram testados e validados para a região de Paragominas. Entre as vantagens das cultivares em relação às que são atualmente utilizadas pelos produtores estão, além do elevado potencial do rendimento de grãos e estabilidade na produção, a proteção contra a lagarta da soja, a lagarta falsa medideira, broca dos ponteiros, e outras.

A região de Paragominas está no início da colheita da soja. Na safra passado, o município produziu pouco mais de 300 mil toneladas de soja, sendo o maior produtor do Pará.  A expectativa da safra deste ano do Estado, segundo o IBGE, é de cerca de 1 milhão e 600 mil toneladas. O Pará é o segundo maior produtor da Região Norte, atrás do Tocantins que deve produzir quase 2 milhões e 500 mil toneladas.

De acordo com o pesquisador Jamil El Husny, coordenador do escritório da Embrapa em Paragominas, o plantio dos materiais da Embrapa em áreas de produtores trouxe resultados promissores, “é uma excelente opção de cultivar que traz segurança e sustentabilidade ao agricultor de Paragominas, seja ele de grande, médio ou pequeno porte”, completa. O pesquisador ressalta que o rendimento do material da Embrapa nas lavouras fica em torno de 4 toneladas por hectare, enquanto que o rendimento médio do município está em torno de 3 toneladas por hectare.

Além da soja, a Embrapa vai expor na vitrine tecnológica da Agroshow Coopernorte, materiais de feijão caupi, milho, sorgo e girassol, testados e validados para a região de Paragominas.

Manejo Integrado de Pragas (MIP) e Doenças (MID)

Nos dias 18 e 19, às 9h, na vitrine tecnológica da Agroshow Coopernorte, os especialistas da Embrapa vão fazer uma demonstração de “batida de pano”, que é a técnica para identificar pragas e inimigos naturais nos plantios de soja.

O Manejo Integrado de Pragas da Soja é um conjunto de técnicas para o manejo eficiente das pragas que atacam as lavouras. Os benefícios do MIP são inúmeros, entre eles a redução do custo de produção; redução do uso de agrotóxicos; a diminuição do impacto ambiental; e a melhoria na produção e na qualidade dos grãos.

A atividade prática inclui também a demonstração de como identificar as principais doenças que acometem as lavouras de soja. Para minimizar o problema, o Manejo Integrado de Doenças na Soja preconiza uma série de ações de controle, que são simples e acessíveis ao produtor, possibilitando a convivência econômica com as doenças e evitando perdas na produção. As ações envolvem a rotação de culturas, a escolha da cultivar, o uso de sementes certificadas, cuidados com o solo, entre outras.

Os especialistas da Empresa estarão à disposição dos visitantes e produtores interessados no estande da Embrapa, nos três dias da Agroshow Coopernorte 2018, de 8h às 18h. A Feira será realizada na Área de Experimento, Silo Coopernorte, situada na BR 010, km 15, em Paragominas/PA.

Saiba mais sobre a Agroshow Coopernorte, clicando aqui.

 

Ana Laura Lima (Mtb 1268/PA)
Embrapa Amazônia Oriental

Contatos para a imprensa

Telefone: (91) 99110-5115 / 3204-1200

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Encontre mais notícias sobre:

sojaparagominasparánapt belém-brasíliaembrapaagroshow

Conteúdo relacionado

Soluções tecnológicas Ver mais

Prática agropecuária: Prática agropecuária
Produto: Cultivar
Produto: Cultivar