01/06/18 |   Segurança alimentar, nutrição e saúde

Embrapa, Ceasa-CE e Cegás buscam alternativas para aproveitar resíduos

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Foto: Verônica Freire

Verônica Freire -

Embrapa, Ceasa-CE e Cegás estudarão estratégias para transformar o lixo orgânico gerado na Ceasa em biogás e biofertilizantes. A aproximação das três instituições começou no último dia 30 de maio, quando o presidente da Ceasa, Maximiliano Quintino, e assessores da presidência da Cegás participaram de reunião com o chefe-adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Agroindústria Tropical, Gustavo Saavedra, e com o pesquisador Renato Leitão.

A Ceasa gera, diariamente, 20 toneladas de matéria orgânica, que vão para o aterro sanitário. A intenção do presidente da Central de Abastecimento é gerar energia e composto orgânico a partir do material. “A ideia é construir parcerias para aproveitar esse material de uma forma sustentável”, disse Maximiliano Quintino.

O pesquisador Renato Leitão, da Embrapa Agroindústria Tropical, explica que é necessário adaptar tecnologias já existentes para a conversão eficiente e controlada do material na realidade local. “A Ceasa pode gerar energia para suprir as próprias necessidades. Os produtores que utilizam a Ceasa também podem usar os biofertilizantes, fechando a cadeia”, explica.

A assessora da presidência da Cegás, Cissa Maia, acredita que a Cegás poderá adquirir o gás, dependendo do volume gerado e dos resultados dos estudos de viabilidade econômica.

Verônica Freire (MTB 01225 JP)
Embrapa Agroindústria Tropical

Contatos para a imprensa

Telefone: (85)33917116

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Encontre mais notícias sobre:

resíduos