11/06/18 |   Biodiversidade  Comunicação

Embrapa participa de Semana de Meio Ambiente na Marina da Glória, RJ

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Foto: Aline Bastos

Aline Bastos -

Entre os dias 7 e 8 de junho, as três Unidades da Embrapa no Rio de Janeiro marcaram presença com estande e palestras na Semana do Meio Ambiente do BR Marinas, administradora do complexo da Marina da Glória no Rio de Janeiro. O evento atraiu um público de mais de 500 pessoas em atividades voltadas à educação e conscientização ambiental. "A nossa parceria com a Embrapa é fundamental não só nesse evento, mas durante todo o ano, em suporte a nossas ações de educação socioambiental com o público infanto-juvenil", afirma João Fellipe, gerente de Meio Ambiente do BRS Marina.

No estande da Embrapa foram apresentadas soluções para destinação adequada de resíduos úmidos e secos, para evitar contaminação e degradação do solo. Houve demonstração e orientação para produção de adubo orgânico a ser utilizado em hortas urbanas. "Quisemos apresentar algumas práticas de conservação e diferenciação de solos, como compostagem e tinta de solos, oferecendo ao professor um material lúdico para trabalhar esses temas com seus alunos", informou Cláudio Capeche, da equipe de Transferência de Tecnologia da Embrapa Solos. A professora de Geografia, Érica de Oliveira, dos Colégios Sousa Marques e Santo Inácio no Rio de Janeiro valida a iniciativa: "Com o apoio da Embrapa, temos conseguido ampliar a reflexão sobre sustentabilidade e conseguimos implantar uma horta na escola, utilizando adubo orgânico produzido com restos de alimentos". Agora, a professora pretende ampliar a discussão sobre perdas e desperdícios de alimentos com seus alunos, após a assistir a palestra do pesquisador da Embrapa Agroindústria de Alimentos, Murillo Freire. O especialista falou para uma turma do terceiro ano do Colégio Amaro Cavalcanti sobre gestão, mensuração e soluções para reduzir perdas e desperdícios de alimentos. Murillo focou sua apresentação em práticas e tecnologias aplicadas em diversos países do mundo para combater o desperdício, inclusive aquelas desenvolvidas pela Embrapa.

As outras palestras sobre aspectos ligados à sustentabilidade também atraíram a atenção do público. A pesquisadora da Embrapa Agrobiologia, Mariella Uzêda, discursou sobre a importância da valorização da biodiversidade para promover a segurança alimentar e a sustentabilidade. Já a pesquisadora da Embrapa Solos, Alba Leonor, falou sobre o papel do cidadão nos desafios para a sustentabilidade dos recursos hídricos, compartilhando suas experiências no Fórum Mundial da Água. Abordou também a importância da gestão hídrica e da tríade alimento-água-energia para o alcance do desenvolvimento sustentável. Por fim, o pesquisador da Embrapa Agroindústria de Alimentos, Sérgio Cenci, falou sobre formas de reaproveitamento de resíduos industriais, especialmente aqueles resultantes da produção de sucos de frutas para fins cosméticos e alimentícios. Ele apresentou o case da empresa Extrair Óleos Naturais, desenvolvido no âmbito do projeto APL Maracujá, que gerou emprego e renda com o uso de tecnologias inovadoras para o aproveitamento de resíduos do maracujá. "As indústrias, especialmente as maiores, começam a perceber que os resíduos da produção industrial de suco de frutas, por exemplo, podem gerar mais lucro, que o produto principal", concluiu.

Aline Bastos (MTb 31.779/RJ)
Embrapa Agroindústria de Alimentos

Contatos para a imprensa

Telefone: 21 3988-9739

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Galeria de imagens

Encontre mais notícias sobre:

semana do meio ambiente