20/09/18 |   Melhoramento genético  Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação

Visita ao norte de Minas amplia parcerias

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Foto: Patricia Kühl

Patricia Kühl -

De 11 a 14 de setembro, equipe da Embrapa Mandioca e Fruticultura — Unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) — visitou produtores parceiros no norte de Minas com o intuito de avaliar o andamento dos trabalhos conjuntos em torno da banana BRS Princesa e estudar a possibilidade de novas parceiras com foco na economia de água e diversificação de culturas. 

O roteiro começou na terça, dia 11, na Fazenda Oriente, do grupo Brasnica Frutas Tropicais, em Janaúba. O grupo, formado pelo chefe-geral Alberto Vilarinhos, o pesquisador Fernando Haddad e o analista Leandro Rocha — os dois conduzem os trabalhos na região —, os pesquisadores Áurea Albuquerque, Carlos Ledo e Tullio Pádua, além do analista Marcelo Amaral, foi recebido pelo produtor Helton Jun Yamada e percorreu a área de BRS Princesa em sistema orgânico de produção (oito hectares) — a comercialização dos frutos do primeiro ciclo já foi iniciada.

“Além de visualizarmos o que vem sendo feito, conversamos sobre a possibilidade de parcerias com outras culturas que demandam menos água, como maracujá, abacaxi e mandioca, já que a região sofre com a escassez hídrica”, informa Fernando. Tullio avaliou as condições de plantio de maracujá e abacaxi; Ledo analisou a possibilidade de parceria para a validação de novos genótipos de mamoeiro; Áurea e Marcelo ficaram com a parte dos estudos de impacto da BRS Princesa.

No dia seguinte (12), a equipe visitou o grupo Borborema, primeiro parceiro a apostar na BRS Princesa na região e a fazenda Barriguda, do produtor Marcos Ribeiro. Neste mesmo dia, Vilarinhos e Fernando estiveram na Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) para discutir proposta de projeto de pesquisa na região.

Já na quinta, os dois participaram, pela manhã, da 56ª Reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Fruticultura e da 32ª Reunião Ordinária da Comissão Nacional de Fruticultura. À tarde, seguiram para a Associação Central dos Fruticultores do Norte de Minas (Abanorte), que sediou o Fruit Connections. Esse evento reuniu produtores, empresários, gestores, agrônomos, técnicos e estudantes em uma programação que incluiu diversas palestras técnicas. Fernando fez a apresentação intitulada “Raça 4 Tropical: uma ameaça para a bananicultura mundial” e, no dia 14, Jefferson Costa, pesquisador da Secretaria de Inteligência e Relações Estratégicas da Embrapa, falou sobre “O futuro da agricultura brasileira”, com foco no Sistema de Inteligência da Embrapa – Agropensa.

“Essa viagem ao norte de Minas foi uma excelente oportunidade de avaliar o trabalho realizado. Fiquei muito bem impressionado com o desempenho da BRS Princesa e pude ver in loco o entusiasmo dos produtores com a variedade. Discutimos possibilidades de parceria com outras culturas. Também foi um momento de rever lideranças locais na área de fruticultura. Enfim, foi uma semana muito produtiva”, completa Vilarinhos.

Alessandra Vale (Mtb-RJ 21.215)
Embrapa Mandioca e Fruticultura

Telefone: 8160

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Encontre mais notícias sobre:

parceriamelhoramento genético

Conteúdo relacionado

Soluções tecnológicas Ver mais

Produto: Cultivar