09/10/18 |   Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação

Lucia Bailetti ministra curso Gestão de Análise Sensorial na Embrapa Uva e Vinho

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Foto: Francisca Canovas

Francisca Canovas - Lucia Bailetti

Lucia Bailetti

De 04 a 06 de outubro aconteceu na Embrapa Uva e Vinho o Curso de Gestão de Análise Sensorial e Liderança de Painel - Análise Sensorial do Vinho, com 12h de duração. 

A análise sensorial é uma disciplina focada na percepção e aceitação de produtos no mercado consumidor e visa aprimorar os profissionais, através da otimização de recursos, escolhendo e estabelecendo testes sensoriais para identificação de características positivas e negativas dos produtos.

O curso foi ministrado por Lucia Bailetti - Diretora do Centro Italiano di Analisi Sensoriale, professora da Universidade de Verona, Universidade San Raffaele (Roma) e Universidade de Macerata. Possui mais de 20 anos de experiência com trabalhos, estudos e pesquisas nas áreas de análise sensorial e ciência do consumo, além de ampla experiência e atuação em multinacionais nas áreas de alimentos e bebidas. 

Conforme Bailetti, a Análise Sensorial é uma ciência, com arcabouço teórico, vocabulário específico e metodologia própria. Para ela, "a análise sensorial nos permite falar a mesma linguagem com todo mundo. Para isso necessitamos uma metodologia de avaliação igual para todos, mediada pelos sentidos. Temos que reconhecer através dos sentidos os estímulos do produto, que no nosso caso é o vinho. Temos que nos treinar para isso. A metodologia nos diz como nos treinar para isso, como reconhecer os estímulos, os métodos e até o vocabulário para reconhecer esses estímulos."

O curso foi destinado a profissionais, pesquisadores ou aqueles que trabalham na área de elaboração de vinhos, controle de qualidade, produção e marketing, interessadas em disciplinas de análise sensorial. A metodologia utilizada foi a busca de informações estratégicas e diferenciais para os produtos das empresas. Os participantes puderam adquirir conhecimento para gerenciar projetos de análise sensorial, através da seleção correta, gestão, análise e interpretação de métodos para obter resultados objetivos, confiáveis e reproduzíveis. Além dos conceitos teóricos, os alunos puderam vivenciar casos práticos e exercícios para maximizar a capacidade de resolução de problemas e construção de projetos com as metodologias. A didática do curso integrou as técnicas de análise de produtos e comportamento do consumidor, baseada em pesquisas, cases internacionais, estratégias eficazes e insights mercadológicos. O método utilizado valorizou o conhecimento dos participantes, permitindo grande troca de informações e conhecimento.

Uma das participantes do curso, a engenheira de alimentos Odineli Correa, gostou do curso: "as práticas estimularam a consciência dos nossos sentidos, principalmente olfato e paladar. Acho válido conhecer os métodos padronizados internacionalmente pela ISO e as práticas de descrição de vinho, que visaram simplificar a descrição de Vinhos deixando ficar melhor compreendido pelos consumidores".

No final do Curso os participantes receberam certificado internacional de participação emitido pelo CIAS Innovation. O CIAS Innovation - Centro Italiano di Analisi Sensoriale, com sede na Europa (Itália), é um centro especializado em formações e pesquisas nas áreas de análise sensorial, estudo do consumidor nos setores de alimentos e bebidas, relação dos produtos com os consumidores, pesquisa aplicada aos analise sensorial, comportamento do consumidor e neurociência. O centro atua na Europa e América e desenvolve pesquisas seguindo padrões internacionais (UNI-ISO). 

O evento foi promovido pela Associação Brasileira de Enologia, ABE.

 

 

MFrancisca Canovas de Moura (7168 DRT/RS)
Embrapa Uva e Vinho

Contatos para a imprensa

Telefone: 54-33455-8120

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Galeria de imagens

Encontre mais notícias sobre:

vinhogestãoavaliaçãoalimentoanálise sensoriallucia bailetticias innovationteste