31/10/18 |   Produção vegetal

Pesquisadores discutem culturas de grãos em seminário em AL

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Foto: Saulo Coelho

Saulo Coelho - Colheita de soja em Campo Alegre, AL

Colheita de soja em Campo Alegre, AL

Pesquisadores de três Unidades da Embrapa, além do ex-presidente Pedro Arraes, participam como palestrantes na edição de 2018 do Seminário Alagoano de Produção de Grãos, que acontece dias 12 e 13 de novembro no Centro de Convenções Ruth Cardoso, em Maceió.

Arraes, pesquisador da Embrapa Arroz e Feijão (Santo Antônio de Goiás, GO), que presidiu a Embrapa entre 2009 e 2012 e está atualmente à frente da Emater de Goiás, fará a palestra magna na cerimônia de abertura do evento, intitulada ‘O futuro do agronegócio no mundo: perspectivas e disrupções’.

Ainda no primeiro dia, Abílio Pacheco, da Embrapa Florestas (Colombo, PR) apresenta resultados de pesquisa e transferência de tecnologias da rede de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) em todo o país.

Na terça (13), Sérgio Procopio, da Embrapa Tabuleiros Costeiros (Aracaju, SE), apresenta os resultados de mais um ano de ensaios de campo com soja na região do SEALBA, nova fronteira agrícola nos Tabuleiros Costeiros e Agreste nordestinos que se engloba municípios de Sergipe, Alagoas e Bahia.

César de Castro e Henrique Debiasi, ambos da Embrapa Soja (Londrina, PR), compartilham, respectivamente, conhecimentos sobre nutrição e manejo do solo para garantir altas produtividades de soja.

Edson Patto, da Embrapa Tabuleiros Costeiros, apresenta os benefícios de integração de boas práticas para o aumento da produtividade de soja no SEALBA, como o plantio direto na palha, a rotação com a cultura do milho e o consorciamento com a gramínea braquiária, que nos ensaios de campo contribuiu para dobrar os resultados de produção.

A organização do conteúdo técnico do evento ficou a cargo dos pesquisadores Antonio Santiago e Paulo de Albuquerque, que atuam na Unidade de Execução de Pesquisa (UEP) da Embrapa Tabuleiros Costeiros em Rio largo, AL, e integram a Comissão de Grãos.

O Seminário Alagoano de Grãos busca agregar conhecimentos e discutir demandas para fortalecer esse setor agrícola no estado, contribuindo para a diversificação de culturas e o enfrentamento das crises cíclicas da cana-de-açúcar. O evento é uma iniciativa do Sebrae em Alagoas e da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura (Seagri), por meio da Comissão Estadual de Grãos, com apoio da Embrapa e outras entidades que também integram a comissão.

O investimento para participar do Seminário Alagoano de Produção de Grãos 2018 é de R$ 100 para profissionais e R$ 50 para estudantes e produtores cadastrados. O pagamento pode ser feito no dia do evento ou presencialmente no setor financeiro do Sebrae em Alagoas. Para mais informações ou para se inscrever, basta entrar em contato através do 0800 570 0800, no entanto, é necessária a confirmação de pagamento para a efetivação da inscrição.


SERVIÇO
O que: Seminário Alagoano de Produção de Grãos 2018
Quando: 12 e 13 de novembro
Onde: Centro de Convenções Ruth Cardoso - Maceió
Inscrições: R$ 100 para profissionais e R$ 50 para estudantes e produtores cadastrados
Contato: 0800 570 0800
Realização: Sebrae/AL e Seagri-AL

 

*Com informações da Agência Sebrae de Notícias (ASN)

Saulo Coelho (MTb/SE 1065)
Embrapa Tabuleiros Costeiros

Contatos para a imprensa

Telefone: 79 4009-1381

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Galeria de imagens

Encontre mais notícias sobre:

milhosojailpfalagoaseventosealbagrãos