31/10/18 |   Agroenergia  Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação

Em evento de inovação, Embrapa vai apresentar pesquisas voltadas ao setor de bioenergia

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Foto: Divulgação

Divulgação -

A Embrapa vai participar, nos dias 7 e 8 de novembro, em Araçatuba (SP), do Seminário UDOP de Inovação 2018, evento que visa reunir e debater os principais estudos sobre inovações no setor de bioenergia do país.

O Seminário vai apresentar as principais novidades da pesquisa e da inovação na área, tendo como principais atores os representantes dos institutos de pesquisa, universidades, Agências de Fomento, startups, agroindústrias, fornecedores de cana-de-açúcar, insumos e equipamentos. É voltado aos profissionais do setor da agroindústria, fornecedores de cana e pessoas interessadas no tema.

Nessa edição, o Seminário UDOP contará com nove salas temáticas, seis com resultados de inovações das usinas e de empresas ligadas aos temas: agronomia; gestão de pessoas e inovações; indústria; mecanização; startups e insumos. As três salas restantes serão voltadas para os resultados de pesquisas voltadas aos setores de bioenergia e serão ocupadas pela Embrapa; Esalq/USP; e FCAV/Unesp.

Conforme destacou a chefe adjunta de Transferência de Tecnologia da Embrapa Meio Ambiente (Jaguariúna, SP), Paula Packer essa é uma oportunidade para a Empresa apresentar os ativos de inovação desenvolvidos em colaboração com instituições e empresas parceiras ou advindas da Carteira de Projetos da Embrapa. “Na Sala Embrapa  os participantes poderão se inteirar das tecnologias disponíveis que buscam viabilizar uma agricultura mais produtiva e sustentável, em benefício do setor sucroenergético e em proveito da sociedade brasileira”.

Já o chefe geral da Embrapa Meio Ambiente, Marcelo Morandi, destaca que “no momento em que se articulam os últimos preparativos para a implantação do Programa Renovabio, a realização do Seminário colabora para um dos principais aspectos da política de biocombustíveis: a busca por eficiência produtiva e ambiental. Neste sentido, as inovações que promovam ganho de eficiência na produção de biocombustíveis terão mais uma motivação para adoção pelo setor produtivo, que é a possibilidade de melhoria na Nota de Eficiência Energético-Ambiental e na geração de Créditos de Descarbonização (CBio) no contexto do RenovaBio”, disse.

Sala Embrapa

Para apresentar os principais resultados de pesquisa desenvolvidos pela Empresa, a Embrapa vai ocupar a Sala Embrapa onde pesquisadores de 5 Unidades, além de representantes de empresas e instituições parceiras promoverão 10 palestras, no escopo dos 5 painéis de debates previstos.

Dentre a diversidade de temas, a programação irá abordar assuntos ligados às pesquisas voltadas à bioenergia e aos biocombustíveis, como as contribuições da Empresa ao Programa RenovaBio, com destaque no levantamento e organização de dados para a Análise do Ciclo de Vida (ACV) dos biocombustíveis, base da RenovaCalc, a calculadora para a comprovação do desempenho ambiental da produção de biocombustíveis.

Serviço

Seminário UDOP de Inovação
Data: 7 e 8 de novembro
Local:  Universidade Paulista (Unip) - Campus de Araçatuba
Avenida Baguaçu, 1939 - Jardim Alvorada, Araçatuba, SP
Inscrições: clique aqui
Outras informações: (18) 2103-0528 ou uniudop@udop.com.br

 

Marcos Vicente (19.027/MG)
Embrapa Meio Ambiente

Contatos para a imprensa

Telefone: (19) 3311 2611

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Encontre mais notícias sobre:

bioenergiabiocombustíveisaquecimento global