04/12/18 |   Mudanças climáticas

Pesquisadores destacam a importância do solo para a agricultura e para a mitigação das mudanças climáticas

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Foto: Cláudio Capeche

Cláudio Capeche - Solo degradado: voçorocas são um dos problemas

Solo degradado: voçorocas são um dos problemas

Cientistas em agronomia e em mudanças climáticas que atuam no comitê científico e técnico da “Iniciativa 4 por 1000” publicaram na revista "Nature" um conjunto contendo oito etapas que acreditam ser necessárias para o desenvolvimento de atividades de recuperação de estoques de carbono e de aumento da fertilidade de solos.

Os apontamentos divulgados (leia aqui a íntegra do documento) foram formulados, levando em conta dados e cenários relacionados ao tema. Por exemplo, avalia-se que a quantidade de carbono no solo é mais que o dobro da quantidade de carbono encontrada nas árvores e na biomassa terrestre, assim como estima-se que cerca de um terço dos solos do mundo esteja degradado, limitando a produção agrícola e adicionando quase 500 bilhões de toneladas de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera, uma quantidade equivalente ao carbono sequestrado por 216 bilhões de hectares de floresta.

O conjunto de oito etapas que foi publicado coincide e busca a adesão de participantes da COP 24, Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC), evento que está sendo realizado até o dia 14 de dezembro em Katowice, na Polônia. A divulgação ocorre também na semana em que se comemora o Dia Mundial do Solo (05 de dezembro).

Com informações de Julianna White e Iniciativa 4 por 1000; e colaboração das pesquisadoras Márcia Thais de Melo Carvalho e Beata Emoke Madari

Rodrigo Peixoto (MTb/GO 1.077)
Embrapa Arroz e Feijão

Contatos para a imprensa

Telefone: (62) 3533-2107

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Encontre mais notícias sobre:

4 por 1000