15/01/19 |   Transferência de Tecnologia

Embrapa leva opções tecnológicas ao Showtec em MS

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Foto: Dalízia Aguiar

Dalízia Aguiar - Diversidade de tecnologias Embrapa presente na feira.

Diversidade de tecnologias Embrapa presente na feira.

Começa nesta quarta-feira (16/01) mais uma edição do Showtec em Maracaju (MS), a primeira feira tecnológica do calendário rural. A Embrapa participa desta edição com o tema “Manejo do solo e uso eficiente da água”, trazendo práticas, resultados de pesquisa e benefícios para os sistemas de produção. Pesquisadores das Unidades Agropecuária Oeste (Dourados, MS), Gado de Corte (Campo Grande, MS), Pantanal (Corumbá, MS) e Soja (Londrina, PR) estarão presentes até o dia 18, no estande da Empresa e vitrine tecnológica. 

“O solo é um dos principais temas de trabalho da Embrapa, pois entendemos que o solo é o grande patrimônio do produtor rural. Um bom manejo de solo resulta em um solo protegido, bem estruturado, química, fisicamente e biologicamente, o que se reflete em maior capacidade de produção tanto em boas condições climáticas, quanto em condições adversas, minimizando perdas na produtividade”, enfatiza o chefe adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Agropecuária Oeste, Harley Nonato de Oliveira. 

Oliveira reforça que o manejo reduz perdas e contribui de forma efetiva na redução de processos erosivos, na perda de fertilizantes e na conservação da água nos sistemas de produção. “A temática é também uma chamada de atenção para que o produtor use as tecnologias já existentes e que podem ajudá-lo a enfrentar as adversidades”, completa o especialista da Embrapa Júlio Salton, um dos pesquisadores confirmados no estande da Empresa. Os trabalhos desenvolvidos pelas instituições de pesquisa apresentam os ganhos obtidos para a estruturação e aumento da cobertura dos solos ao se adotar sistemas integrados (ILP e ILPF) e consorciados.

No espaço, o visitante encontrará demonstração “ao vivo”, por meio de simulador de chuvas, das perdas de água e de solo em situações de semeadura em nível/desnível e com/sem palhada; práticas de manejo para melhoria da qualidade da estrutura do solo para maior taxa de infiltração e armazenamento de água; práticas para melhoria do perfil do solo para aprofundamento do sistema radicular das plantas; relação entre perdas de água e erosão; e uso de ferramentas para diagnóstico da qualidade da estrutura do solo (Diagnóstico Rápido da Estrutura do Solo – DRES). 

Espaço para diálogo
Um ambiente para discussão, dúvidas e esclarecimentos, esse é objetivo do “Bate-papo com a Pesquisa”, em estreia no Showtec, e que acontecerá nos três dias de evento em horários programados. 

Os pesquisadores Júlio Cesar Franchini dos Santos (Embrapa Soja-PR), Ademir Zimmer, Rodrigo Amorim Barbosa e Denise Montagner (Embrapa Gado de Corte-MS), Danilton Flumignan e Carlos Ricardo Fietz (Embrapa Agropecuária Oeste-MS) abordarão temas como o dimensionamento de terraços com uso de imagens aéreas obtidas por drones, escolha de cultivar forrageira, manejo de pastagens na pecuária eficiente, ocorrência de chuvas erosivas na região sul de MS, previsão de geada para o milho safrinha 2019 e aplicativo Guia Clima. 

Durante 15 minutos, por exemplo, o especialista em irrigação e drenagem Danilton Flumignan tratará de responder se, conforme a previsão da Embrapa, existe previsão de ocorrer geada no mês de junho durante a safrinha de milho. “Agora em janeiro já estamos prevendo o que ocorrerá em junho. Isso ajuda bastante no planejamento da atividade agrícola”, destaca. Ele também levará uma análise do histórico das chuvas na região sul de Mato Grosso do Sul, o que orienta quanto a medidas de conservação do solo nas propriedades. 

Já Ademir Zimmer, Rodrigo Amorim e Denise Montagner trocarão impressões de como o manejo da pastagem influencia na produtividade, como é feito o manejo em sistemas de lotação contínua e rotativa, os ajustes de piquete e por altura e a escolha inteligente de cultivares forrageiras.

Para o chefe de P&D, Harley Oliveira, o momento é ainda um espaço para detectar oportunidades ou direcionamentos para novas pesquisas. A presença dos técnicos não se limitará à programação. Especialistas de diversas áreas ficarão à disposição de produtores, consultores, acadêmicos e professores para uma conversa esclarecedora. 

Vitrine tecnológica 
A área demonstrativa da instituição contará com cultivares de soja para manejo sanitário, de mandioca (mesa e indústria), controle biológico, cultivares de panicuns e braquiárias, consórcios de milho com pastagem para produção de grãos, silagem e palhada, balança de passagem de animais (Balpass) e controle estratégico de carrapatos. 

Esses dois últimos chegam pela primeira vez à feira, assim como outro destaque apontado por um dos coordenadores da vitrine tecnológica, o pesquisador Claudio Lazzarotto, a demonstração do potencial das culturas de grão-de-bico e feijão-caupi para o Estado. 

Para os responsáveis envolvidos pela participação da Embrapa no evento, a sustentabilidade se mantém com a diversificação e um Estado como Mato Grosso do Sul, envolvido em três biomas (Mata Atlântica, Cerrado e Pantanal), a pluralidade é latente e “o Showtec foi se moldando e ao longo de suas edições busca atingir outros públicos, o que proporciona à Embrapa apresentar essa pluralidade de ações”.

 

Dalízia Montenário de Aguiar (MTb 28/03/14/MS)
Embrapa Gado de Corte

Contatos para a imprensa

Telefone: +55 67 3368-2144

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Galeria de imagens

Encontre mais notícias sobre:

feirasustentabilidadesolotransferencia de tecnologiaeventoshowtecshowtec 2019palestra