15/02/19 |   Produção animal  Transferência de Tecnologia

Sêmen refrigerado e uso de embriões in vitro são discutidos em Dinapec

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Foto: Ériklis Nogueira

Ériklis Nogueira - Pesquisadores representam unidade pantaneira de pesquisa da Embrapa no evento

Pesquisadores representam unidade pantaneira de pesquisa da Embrapa no evento

Na próxima semana, a Embrapa Pantanal irá discutir tecnologias para o aprimoramento da pecuária em uma das maiores planícies alagadas do planeta durante a Dinapec 2019, que acontece de 20 a 22 de fevereiro na Embrapa Gado de Corte em Campo Grande (MS). No estande do arranjo + Precoce, a pesquisadora Juliana Borges irá abordar o uso do sêmen refrigerado e seus benefícios na inseminação artificial bovina por meio de uma demonstração do procedimento de montagem do aplicador de IA com o sêmen congelado/descongelado e refrigerado. O pesquisador Ériklis Nogueira também irá participar discutindo o uso de embriões in vitro (FIV) para a produção de bezerros de corte de alto mérito genético.

Em relação ao uso do sêmen refrigerado, Juliana esclarece que a maior diferença é o fato de não ser necessário descongelar o material para utilizá-lo. “O que a gente vai fazer é demonstrar como tirar o material da caixa do refrigerado e montar o aplicador”, descreve. “Como vamos ter o congelado e o descongelado disponíveis, vamos avaliar motilidade e vigor do material na hora da demonstração”. Segundo a pesquisadora, os participantes poderão analisar a qualidade do sêmen refrigerado em 24, 48 e 72 horas após a coleta. Ela afirma que a tecnologia pode ser de interesse para estudantes, técnicos, médicos veterinários e produtores rurais.

“Para o estudante é importante para que ele conheça a biotécnicas; para os profissionais, vale a pena saber como a biotécnica é executada e, no caso do produtor, é possível tirar dúvidas e discutir se seria possível aplicá-la na sua fazenda”. Para Juliana, a utilização do sêmen refrigerado na inseminação artificial bovina é simples e eficiente, mas ainda é pouco difundida. “Por isso é importante saber como realizar um bom manuseio, porque ele é responsável por gerar maiores índices de prenhez”.

Ela ressalta que o uso desse material é promissor por representar uma alternativa produtiva para diferentes públicos – desde os produtores de touros melhoradores até veterinários interessados em agregar valor aos serviços prestados na inseminação artificial em tempo fixo (IATF). “A consideração é que o sêmen deve ser coletado de touros de genética melhoradora comprovada, de forma a aumentar tanto a prenhez quanto a produtividade do rebanho”.

O outro tema, abordado por Ériklis Nogueira, discute recomendações técnicas voltadas à produção de bezerros melhorados. Entre os métodos estão a produção in vitro (PIV) de embriões e a inseminação artificial em tempo fixo (IATF). “Para aprimorar as taxas de prenhez, a IATF e a PIV foram aplicadas desde 2015”, conta Ériklis. Os embriões foram produzidos utilizando sêmen sexado de touros Angus com alto mérito genético e ovócitos de vacas Nelore.

Embora o uso dos embriões tenha atingido taxas menores (aproximadamente 40%) que a IATF (aproximadamente 50%), o pesquisador afirma que a biotécnica produziu mais machos em função do uso do sêmen sexado, ou seja: 90% das crias geradas por meio dos embriões eram machos; na IATF, como foram utilizados os mesmos touros com sêmen convencional, cerca de metade das crias eram machos. “Produzir mais machos pode ser interessante no caso dos novilhos precoces, já que machos possuem maior valor agregado no mercado em relação às fêmeas”, finaliza.

Esses e outros assuntos serão discutidos no estande + Precoce durante a Dinapec 2019. Confira a programação:
 

Dinapec 2019

 Estande +Precoce / Connan Nutrição Animal

Programação

20 de fevereiro– quarta-feira

Roteiro +Precoce

Horário

Tema

Palestrante

14:00 – 14:05

Abertura

Gilberto Menezes – Embrapa Gado de Corte

Rodrigo Gomes – Embrapa Gado de Corte

Alessandra Nicacio – Embrapa Gado de Corte

14:05 - 14:25

Resultados do Programa Precoce MS

Rogério Beretta – Superintendente de Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, Produção e Agricultura Familiar – SEMAGRO

14:25 - 14:40

Uso de embriões in vitro (FIV) para produção de bezerros de corte de alto mérito genético

Ériklis Nogueira – Embrapa Pantanal

14:40 – 14:55

Como melhorar o acabamento de carcaça a partir da escolha do touro

Gilberto Menezes – Embrapa Gado de Corte

14:55 – 15:15

Nutrição de matrizes de corte: a base da construção

Márcio Bonin – Connan Nutrição Animal

15:15 – 15:30

Condicionamento de desmama: uma técnica para melhorar o desempenho na recria

Rodrigo Gomes – Embrapa Gado de Corte

15:30 – 15:45

Desempenho e produtividade animal em capim Piatã ou Paiaguás durante a safrinha

Luiz Orcírio Oliveira – Embrapa Gado de Corte

15:45 -15:55

Demonstração: Avaliação física do sêmen e procedimento de montagem do aplicador de IA com o sêmen congelado/descongelado e sêmen refrigerado bovino

Juliana Borges Silva – Embrapa Pantanal

15:55 - 16:00

Encerramento

Gilberto Menezes – Embrapa Gado de Corte

Rodrigo Gomes – Embrapa Gado de Corte

Alessandra Nicacio – Embrapa Gado de Corte

 

21 de fevereiro – quinta-feira

Roteiro +Precoce

Horário

Tema

Palestrante

09:00 – 09:05

Abertura

Gilberto Menezes – Embrapa Gado de Corte

Rodrigo Gomes – Embrapa Gado de Corte

Alessandra Nicacio – Embrapa Gado de Corte

09:05 - 09:25

Apresentação dos resultados do Programa Precoce MS

Rogério Beretta – Superintendente de Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, Produção e Agricultura Familiar – SEMAGRO

09:25 - 09:40

Uso de embriões in vitro (FIV) para produção de bezerros de corte de alto mérito genético

Ériklis Nogueira – Embrapa Pantanal

09:40 – 09:55

Como melhorar o acabamento de carcaça a partir da escolha do touro

Gilberto Menezes – Embrapa Gado de Corte

09:55 – 10:15

Nutrição de matrizes de corte: a base da construção

Márcio Bonin – Connan Nutrição Animal

10:15 – 10:30

Condicionamento de desmama: uma técnica para melhorar o desempenho na recria

Rodrigo Gomes – Embrapa Gado de Corte

10:30 – 10:45

Desempenho e produtividade animal em capim Piatã ou Paiaguás durante a safrinha

Luiz Orcírio Oliveira – Embrapa Gado de Corte

10:45 -10:55

Demonstração: Avaliação física do sêmen e procedimento de montagem do aplicador de IA com o sêmen congelado/descongelado e sêmen refrigerado bovino

Juliana Borges Silva – Embrapa Pantanal

10:55 - 11:00

Encerramento

Gilberto Menezes – Embrapa Gado de Corte

Rodrigo Gomes – Embrapa Gado de Corte

Alessandra Nicacio – Embrapa Gado de Corte

 

22 de fevereiro – sexta-feira

Roteiro +Precoce

Horário

Tema

Palestrante

09:00 – 09:05

Abertura

Gilberto Menezes – Embrapa Gado de Corte

Rodrigo Gomes – Embrapa Gado de Corte

Alessandra Nicacio – Embrapa Gado de Corte

09:05 - 09:25

Apresentação dos resultados do Programa Precoce MS

Rogério Beretta – Superintendente de Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, Produção e Agricultura Familiar – SEMAGRO

09:25 - 09:40

Uso de embriões in vitro (FIV) para produção de bezerros de corte de alto mérito genético

Ériklis Nogueira – Embrapa Pantanal

09:40 – 09:55

Como melhorar o acabamento de carcaça a partir da escolha do touro

Gilberto Menezes – Embrapa Gado de Corte

09:55 – 10:15

Nutrição de matrizes de corte: a base da construção

Márcio Bonin – Connan Nutrição Animal

10:15 – 10:30

Condicionamento de desmama: uma técnica para melhorar o desempenho na recria

Rodrigo Gomes – Embrapa Gado de Corte

10:30 – 10:45

Desempenho e produtividade animal em capim Piatã ou Paiaguás durante a safrinha

Luiz Orcírio Oliveira – Embrapa Gado de Corte

10:45 -10:55

Demonstração: Avaliação física do sêmen e procedimento de montagem do aplicador de IA com o sêmen congelado/descongelado e sêmen refrigerado bovino

Juliana Borges Silva – Embrapa Pantanal

10:55 - 11:00

Encerramento

Gilberto Menezes – Embrapa Gado de Corte

Rodrigo Gomes – Embrapa Gado de Corte

Alessandra Nicacio – Embrapa Gado de Corte

 

+ Precoce

Executado desde 2014 pelos pesquisadores da Embrapa Gado de Corte e Embrapa Pantanal, o arranjo + Precoce busca alinhar-se aos problemas enfrentados pela cadeia do novilho precoce. Um dos resultados disponíveis, até o momento, é a prática IATF + Cio, que adota o uso de bastões marcadores para auxiliar a identificação de cio e a aplicação de hormônio (GnRH), no momento da inseminação artificial por tempo fixo (IATF).

A iniciativa tem como instituições parceiras a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Universidade Federal do Ceará (UFC) e Universidade Estadual de Londrina (UEL); a Associação Brasileira de Produtores Orgânicos (ABPO); e a Associação Sul-Mato-Grossense de Produtores de Novilho Precoce (ASPNP).

Sobre a Dinapec 2019

A realização da Dinâmica Agropecuária tem o apoio das seguintes instituições: Governo do Estado de Mato Grosso do Sul (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural - Agraer, Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal - Iagro e Fundo de Desenvolvimento o para Milho e a Soja - Fundems), Prefeitura Municipal de Campo Grande (Secretarias Municipais de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia - Sedesc e Educação - Semed), Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Fundação MS, Fundação Chapadão, Fundação de Apoio à Pesquisa Agropecuária e Ambiental (Fundapam), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MS), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Rede ILPF, Geneplus, Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV-MS), Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CREA-MS), Scot Consultoria Rural, Tramasul, Coimma, Companhia Nacional de Nutrição Animal (Connan), Sistema Brasileiro do Agronegócio (SBA) e DBO Associados. O patrocínio é da Associação para o Fomento à Pesquisa de Melhoramento de Forrageiras (Unipasto), com realização da Embrapa e Sistema Famasul.

A Dinapec é uma vitrine de tecnologias que acontece anualmente na Embrapa em Campo Grande (MS), aberta a técnicos, produtores e acadêmicos dispostos a conhecer as soluções tecnológicas desenvolvidas pela pesquisa agropecuária para os diversos sistemas de produção. O encontro visa compartilhar conhecimento e soluções para o agro nacional.

 

Nicoli Dichoff (Mtb 3252/SC)
Embrapa Pantanal

Contatos para a imprensa

Telefone: +55 (67) 3234-5879

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/