08/04/19 |   Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação  Mercado de Cultivares e Sementes

Dia de campo da batata apresenta novidades para culinária na Serra

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Foto: Arte;Fernando Jackson

Arte;Fernando Jackson - Evento irá demonstrar todo o desempenho produtivo e de uso culinário à campo. Atividade vai oportunizar que a Embrapa apresente variedades com bom potencial culinário: BRS F63, a Camila; a BRS Bel e os futuros lançamentos com formatos, cores e sabores.

Evento irá demonstrar todo o desempenho produtivo e de uso culinário à campo. Atividade vai oportunizar que a Embrapa apresente variedades com bom potencial culinário: BRS F63, a Camila; a BRS Bel e os futuros lançamentos com formatos, cores e sabores.

Resultados da pesquisa agropecuária vinculados a gastronomia para cultura da batata serão conhecidos no próximo dia 12 de abril, no Dia de Campo da Batata BRS F63, a Camila, um material genético com alto potencial culinário, devido a presença significativa de matéria seca, desenvolvido pela Embrapa Clima Temperado (Pelotas,RS). As características do material, seu desempenho em produtividade e uso gastronômico, além de manejo agrícola, serão demonstrados a partir das 14h, na propriedade Belebas, no município de São Francisco de Paula/RS. O evento vai acontecer próximo a realização do II Festival Gastronômico da Batata naquele município.

A Camila foi desenvolvida pelo Programa de Melhoramento Genético de Batata da Embrapa voltado a um mercado fresco com  boa qualidade culinária e resistência ao vírus Y, tem porte médio e crescimento semiereta. Possui também  ciclo vegetativo médio, elevado potencial produtivo de tubérculos comerciais; moderadamente suscetível à requeima e à pinta-preta.

Segundo o pesquisador Arione Pereira, quando se identifica a Camila como resistente ao vírus Y, isso quer dizer, que ela pode permitir um maior número de gerações de multiplicação de sementes, tornando-a mais barata e com melhor qualidade que outras cultivares.

Quanto a presença significativa de teor de materia seca, o pesquisador destaca que essa característica possibilita uma vida de prateleira mais longa no mercado e no armazenamento de sementes. "Ela é preferencialmente indicada para as regiões produtoras do Sul do País. Mas, ela pode ser produzida nas regiões Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste, cuidando para que o seu plantio não seja feito fora das das épocas mais frias", destacou Pereira.

Na cozinha, a cultivar é considerada versátil, apresentando textura na cocção e sabor característico. "É adequada para cozinha gourmet na preparação de saladas e pratos afins", observou o pesquisador.

Novidades para gastronomia
Durante a realização do II Festival de Gastronomia em Batata, a Embrapa vai apresentar batatas diferenciadas, que estão em teste no país para lançamento futuro ao mercado da alimentação como batatas em formato de banana, em cores do azul ao roxo e sabor que parece pinhão. Além disso, serão preparados pratos  com as batatas Camila e a BRS Bel, que está sendo produzida por agroindústria local no formato chips e com grande procura fora do estado do RS.

Cristiane Betemps (MTb 7418/RS)
Embrapa Clima Temperado

Contatos para a imprensa

Telefone: (053) 3275-8215

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Avalie esta notícia:

Média (0 Votos)