03/09/19 |   Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação  Transferência de Tecnologia

Dia de Campo do Leite inova na apresentação e participação de parceiros

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Foto: Paulo Lanzetta

Paulo Lanzetta - Em 15 anos, houve a diminuição de 50 mil famílias produtoras de tabaco no país, que buscaram a diversificação da propriedade agrícola. A produção leiteira é uma dessas alternativas viáveis.

Em 15 anos, houve a diminuição de 50 mil famílias produtoras de tabaco no país, que buscaram a diversificação da propriedade agrícola. A produção leiteira é uma dessas alternativas viáveis.

Com formato diferenciado de outras edições, a Embrapa Clima Temperado (Pelotas,RS), junto a várias instituições parceiras, prepara para o dia 12 de setembro, a 8ª edição do Dia de Campo do Leite. Durante todo o dia, os participantes do evento farão a experiência de visitar espaços tecnológicos como uma feira. O tema principal deste ano é  Alternativas para Cultura do Tabaco. A atividade acontece nos campos experimentais da Estação Terras Baixas da Empresa, localizada no Capão do Leão, ao lado do campus universitário da UFPel.

A equipe de técnicos do leite da Embrapa busca inovar na proposta de apresentação do evento nesta edição, saindo da estrutura de visitações a estações tecnológicas programadas e entrando na lógica de dar liberdade de escolha ao participante ao espaço que quer visitar e conhecer mais sobre o assunto. Também ele terá a oportunidade de adquirir produtos, pois haverá comercialização de mudas e outros subprodutos lácteos, além de se atualizar sobre equipamentos mais eficientes para seu objetivo de produção e se aproximar das possibilidades de financiamento para investimento no seu negócio rural. "A nossa intenção é que o participante, se produtor, saia com o pacote tecnológico pronto: dados técnicos de manejo atualizados, equipamentos melhores e como aquirí-los em condições financeiras mais razoáveis; se visitante, entenda quais são as facilidades e dificuldades neste momento para o processo de produção do leite, as alternativas recomendadas, a experienciação de ver de perto alguns manejos e a aquisição de produtos lácteos de qualidade", explicou o engenheiro agrícola, Sérgio Bender.

O 8º Dia de Campo do Leite vai acontecer das 9h às 17h e tem como parceiros a Emater/RS-Ascar, Pomerano, Lactalis, Bettin Agrícola, Safrasul Sementes, Coopar, Sicredi e Afubra.

Temas em Destaque:

Vitrine de Forrageiras

Qualidade do Leite

Manejo e Cria de Terneiras

Boas Práticas Agropecuárias

Energias Alternativas

Agroindustrialização

Equipamentos

Cristiane Betemps (MTb 7418/RS)
Embrapa Clima Temperado

Contatos para a imprensa

Telefone: (053) 3275-8215

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Encontre mais notícias sobre:

dia de camposubstituição ao tabacoalternativasatividade leiteira