29/11/19 |   Transferência de Tecnologia

Hortas Pedagógicas e Minibibliotecas da Embrapa levam conhecimento a escolas públicas de São Luís

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Foto: Flávia Bessa

Flávia Bessa -

O Projeto Hortas Pedagógicas recebe um aliado de peso no processo de ensino-aprendizagem por meio do cultivo de hortaliças. Acaba de chegar as Minibibliotecas da Embrapa nas escolas que implantaram o Projeto Hortas Pedagógica em São Luís. No último dia 20, o acervo foi entregue oficialmente à UEB Augusto Mochel, onde também foi realizada capacitação para os mediadores. No próximo dia 27, foi a vez da UEB Jackson Lago receber as publicações e multimídias. Em ambas as escolas, depois da entrega foi realizada capacitação para uso das Minibibliotecas da Embrapa.

Para a chefe-geral da Embrapa Cocais, Maria de Lourdes Mendonça, as Minibibliotecas vêm reforçar a ação pedagógica das Hortas Pedagógicas, nas quais o cultivo de hortaliças é meio para a aprendizagem escolar. “As hortas serão o centro da programação didático-pedagógica, permitindo acesso não só aos conhecimentos agronômicos, mas também à variedade de conhecimentos transversais que permeiam e podem ser relacionados à prática do cultivo de hortaliças".

Segundo o chefe de transferência de tecnologia da Embrapa Cocais, Carlos Vitoriano, nas duas escolas de São Luís escolhidas para receber o Hortas Pedagógicas, as minibibliotecas serão fonte de conhecimentos para lidar com o dia a dia das hortas e utilizá-la pedagogicamente. “Professores, alunos e toda a comunidade envolvida poderão ter acesso a informações tecnológicas, desde plantio, replantio, manejo de ervas e pragas daninhas, colheita e demais assuntos pertinentes ao cotidiano prático das hortas, informações essas contextualizadas para a realidade da agricultura local”, adiantou.

As publicações impressas (livros, cartilhas, manuais, etc.), os vídeos e os áudios de programas de TV e rádio da Embrapa constantes no acervo multimídia das Minibibliotecas divulgam o conhecimento científico acumulado em cerca de 45 aos de pesquisa em agricultura tropical, realizada pelas 42 Unidades da Embrapa, distribuídas por todo o Brasil, muitas vezes em parceria com outras instituições científicas.

Fala dos parceiros - O engenheiro agrônomo da Agerp José Urbano da Silva explicou aos estudantes presentes à entrega das Minibibliotecas que os livros vão ajudar a aprender mais conhecimentos sobre assuntos variados ligados às hortas. A diretora da UEB Jackson Lago, Ana Carla Ribeiro, disse na ocasião que “a horta é de todos! Fazer cuidar juntos dela, fazer ciência e experimentos para uma vida melhor”. O estudante David Sales, 9 anos, a horta e agora os livros vão ensinar às crianças muitas coisas, como os bichinhos que fazem bem para a horta e os que fazem mal e ainda como plantar muitos tipos de hortaliças.

Capacitação dos mediadores - Realizada na própria escola, incentivou o uso das minibibliotecas tanto na horta como em sala de aula, nas atividades educativas, teoria de prática juntos, para melhor internalização dos conhecimentos. Entre os participantes do curso, professores, pais e avós e demais membros da comunidade. “O objetivo foi prepará-los para fazer melhor uso das minibibliotecas, dialogando saberes e  considerando o contexto e a diversidade sociocultural da região”, explica a técnica da Embrapa Cocais, Márcia Georgine.

Sobre o Hortas Pedagógicas - O projeto é desenvolvido e coordenado pelo Ministério da Cidadania e pela Embrapa, com apoio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação -  FNDE. No estado do Maranhão, a etapa piloto foi implantada pela Embrapa Cocais e parceiros municipais e estaduais são responsáveis pela execução do projeto a Embrapa Cocais, secretarias municipais da Prefeitura de São Luís, como a Secretaria Municipal de Educação – Semed, por meio do Núcleo de Educação Ambiental – NEA, a Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento – Semapa e a Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural do Maranhão – Agerp, vinculada à Secretaria de Estado da Agricultura Familiar – SAF, Secretaria Municipal de Segurança Alimentar – Semsa, Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento de São Luís - Seplan e outras secretarias municipais associadas. O projeto hortas pedagógicas é um projeto piloto em São Luís e tem perspectiva de expansão para mais escolas da capital e do estado.

Mais sobre as minibibliotecas - Para contribuir com a universalização do acesso ao conhecimento científico, as minibibliotecas da Embrapa reúnem em acervo próprio e de forma regionalizada, publicações, vídeos e áudios que divulgam – em linguagem simples e didática – resultados da pesquisa agropecuária de Unidades da Embrapa e parceiros. O objetivo é incentivar a leitura e favorecer a inclusão produtiva no meio rural, tornando disponíveis informações e tecnologias de baixo custo e de fácil aplicação, adequadas à realidade agropecuária das diferentes regiões brasileiras, contribuindo, assim, com a melhoria das práticas agrícolas e a qualidade de vida de seus usuários.

Os assuntos variam desde temas de interesses gerais, como preservação, educação ambiental, cidadania e cooperativismo, quanto de interesse específico, como produção de alimentos de qualidade, manejo do solo e da água, cultivo de hortas e quintais, criação de animais e a maneira de iniciar uma pequena agroindústria de alimentos.

O público-alvo vai desde comunidades rurais em geral (agricultores familiares, assentados, pescadores artesanais, quilombolas, ribeirinhos e indígenas), professores e estudantes de escolas públicas e privadas, de escolas agrotécnicas e de centros familiares de formação por alternância, extensionistas e demais interessados em informações e tecnologias agropecuárias.

Saiba mais sobre o Hortas Pedagógicas no Maranhão:

https://www.embrapa.br/cocais/busca-de-noticias/-/noticia/46357882/projeto-hortas-pedagogicas-finca-raizes-em-escolas-de-sao-luis

https://www.embrapa.br/cocais/busca-de-noticias/-/noticia/47371743/primeira-colheita-do-projeto-hortas-pedagogicas-em-sao-luis-semeia-licoes-e-futuro-promissor

Flávia Bessa (MTb 4469/DF)
Embrapa Cocais

Contatos para a imprensa

Telefone: 98 3878-2222

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/