27/04/20 |   Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação

Empresas têm até 4 de maio para inscrever projetos de inovação aberta para o setor leiteiro

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

A Embrapa Gado de Leite está recebendo propostas de empresas de todos os portes para o desenvolvimento conjunto de soluções e tecnologias inovadoras que impactem diretamente a cadeia do leite. É o edital Desafio Inovação Aberta. Os interessados têm até o dia 4 de maio para fazer a inscrição, submetendo um vídeo que apresente a proposta de forma sucinta, com tempo médio de três a cinco minutos.

O objetivo da Embrapa Gado de Leite é se aproximar de empresas do setor privado, como startups, laticínios, indústrias de insumos e produtores rurais, “dentro da legalidade, da impessoalidade e da transparência”, ressalta o chefe-geral, Paulo Martins, que estimula todas as instituições que tiverem uma demanda para inovação no setor lácteo a se inscreverem. “Se a proposta não se encaixar ao edital, podemos avaliar outro tipo de parceria desde que a ideia interesse, ou seja, que represente um ganho de valor para a sociedade”, complementa Martins.

O edital prevê aplicação de recursos financeiros para custeio dos projetos e a dedicação da equipe técnica, que possui mais de setenta pesquisadores atuando em diversas áreas. Também está previsto o uso da infraestrutura laboratorial e das fazendas experimentais para o desenvolvimento e a validação dos projetos de inovação aberta.

A contrapartida das empresas será negociada numa segunda etapa. O pesquisador Juarez Machado explica: “Vamos avaliar junto com a empresa o plano de trabalho, o cronograma e o orçamento. Tudo será negociado. Conforme o porte do parceiro, haverá uma contrapartida financeira a ser garantida: 33% para parceiros de grande e médio porte e 10% para parceiros de porte pequeno e micro. No caso de parceiros para Inovação Social, não é exigida contrapartida financeira."

Webinar Tira Dúvidas

Durante um webinar realizado no dia 24 de abril, com mais de 200 participantes, Machado ressaltou que a Embrapa poderá assinar um termo de confidencialidade caso a proposta envolva sigilo de algum tipo de informação durante a etapa de submissão ou de desenvolvimento do projeto. Acesse aqui a gravação do webinar tira dúvidas, disponível no YouTube, e o edital do Desafio Inovação Aberta.

Avaliação

A seleção das propostas levará em conta a sinergia do projeto com as competências que o time da Embrapa Gado de Leite possui ou é capaz de reunir por meio da sua rede de parceiros. Também será observado se a solução poderá gerar ganho econômico não apenas para a empresa proponente, mas para a sociedade.

O chefe de Transferência de Tecnologia, Bruno Carvalho, chama atenção para a experiência e a agilidade da Embrapa Gado de Leite na formalização de parcerias. Hoje, a unidade possui 243 contratos ativos com diferentes empresas nas áreas de pesquisa, inovação e transferência de tecnologia. “Fazer inovação é complicado e caro. Fazer em conjunto torna a inovação viável e capaz de aumentar a produção e a produtividade do setor”, diz.

 

Carolina Pereira
Embrapa Gado de Leite

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Encontre mais notícias sobre:

edital-desafio-inovacao-abertainovacao-aberta