11/06/21 |

Embrapa Informática Agropecuária vai apresentar soluções digitais na Agrotins 2021

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

 - Entre as tecnologias da Unidade estão aplicativos móveis e sistemas web para apoiar as atividades no campo

Entre as tecnologias da Unidade estão aplicativos móveis e sistemas web para apoiar as atividades no campo

Palestra de abertura vai abordar a tecnologia 5G e seu potencial para transformar o campo

Agro 4.0: Tecnologia no Campo será o tema da edição deste ano da Feira Agrotecnológica do Tocantins (Agrotins), que ocorrerá de 15 a 18 de junho. Como no ano passado, o evento será totalmente virtual devido à pandemia da covid-19. Por meio de palestras, cursos, lançamento e exposição de tecnologias no portal do evento na internet, a ideia é apresentar ao produtor rural soluções digitais inovadoras para gestão, planejamento e monitoramento da produção.

Silvia Massruhá, chefe-geral da Embrapa Informática Agropecuária (Campinas-SP), fará a palestra magna na abertura da Agrotins, no dia 15, às 10 horas. Ela vai falar sobre a tecnologia 5G e seu potencial para transformar o campo, influenciando a competitividade e sustentabilidade da agropecuária brasileira. A nova geração da rede de internet móvel poderá oferecer maior velocidade de transmissão e recepção de dados e contribuir para ampliar a conectividade e o acesso a tecnologias da agricultura digital, como internet das coisas (IoT) aplicada no campo.

>> Visite aqui a página especial da Embrapa para a Agrotins 2021

A Embrapa Informática Agropecuária também vai apresentar soluções tecnológicas alinhadas à temática da agricultura digital no Pavilhão Institucional da Embrapa, espaço virtual no portal da Agrotins. São aplicativos móveis para apoiar o gerenciamento da produção leiteira, a gestão de risco agrícola, o acesso ao seguro rural e ao catálogo de bioinsumos. Também serão apresentados sistemas web para o monitoramento agrícola e ambiental, para regularização ambiental e para o desenvolvimento de novas soluções digitais para o setor.

Aplicativos móveis

Quatro aplicativos móveis gratuitos, criados para auxiliar o trabalho no campo, serão apresentados na Agrotins. O Zarc – Plantio Certo, que permite consultar a época do ano mais indicada para a semeadura de mais de 40 culturas agrícolas, é um deles. A ferramenta foi desenvolvida em parceria com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para facilitar o acesso dos produtores rurais e agentes do agronegócio aos dados do Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc).

Também desenvolvido em parceria com o Mapa, o app PSR – Programa de Seguro Rural será outra tecnologia apresentada na feira. Ele traz uma série de informações sobre o programa de seguro rural, suas características, subvenções vigentes e os contatos (telefone, e-mail e site) de seguradoras que operam na área agrícola.

Outra ferramenta, disponível também de forma gratuita, é o aplicativo Bioinsumos. Por meio dele, os produtores rurais podem consultar uma lista de produtos de origem biológica indicados para nutrição, controle de pragas e doenças de diversas culturas agrícolas. O aplicativo traz um catálogo com cerca de 580 produtos disponíveis no País, entre defensivos biológicos e inoculantes, todos registrados no Ministério da Agricultura.

Voltado para a produção leiteira, também será apresentado na Agrotins o aplicativo móvel Roda da Reprodução. A ferramenta foi criada no âmbito do programa Balde Cheio, coordenado pela Embrapa Pecuária Sudeste (São Carlos, SP), e busca auxiliar o produtor no gerenciamento das fases de reprodução e crescimento do rebanho.

 

Sistemas web

Além de aplicativos para smartphone, a Embrapa Informática Agropecuária vai expor na Agrotins sistemas on-line com diversas aplicações. O Sistema de Análise Temporal da Vegetação (SATVeg) é uma dessas tecnologias que serão demonstradas. De uso gratuito, a ferramenta abrange toda América do Sul e permite observar o comportamento da vegetação na superfície terrestre ao longo do tempo por meio de imagens de satélite. Os dados fornecidos pelo sistema podem apoiar atividades de monitoramento ambiental e agrícola. Com ele é possível identificar, por exemplo, o que é uma área urbana, cultivo anual, cana-de-açúcar, pasto ou mata, além de acompanhar o ciclo de uma cultura agrícola.

Também estará presente na feira, o GeoPortal TerraClass, plataforma disponível na internet, que possibilita a visualização dos dados sobre uso e cobertura da terra em áreas desflorestadas da Amazônia Legal brasileira. O WebGIS apresenta as informações dos mapeamentos realizados na região e, de maneira interativa, oferece funcionalidades que permitem verificar a transição e comparação entre períodos de tempo distintos. Está disponível em: www.terraclass.gov.br.

O WebAmbiente é outra solução digital que será apresentada na Agrotins. A ferramenta foi desenvolvida para auxiliar a tomada de decisão do produtor no processo de adequação ambiental da paisagem rural. Contempla um banco de dados sobre espécies vegetais nativas e estratégias para recomposição ambiental, englobando todos os biomas brasileiros. O sistema foi desenvolvido em parceria com a Embrapa Cerrados e o Ministério do Meio Ambiente.

Criada com o objetivo de contribuir para o avanço da agricultura digital, a AgroAPI Embrapa também será apresentada na Agrotins. A plataforma foi desenvolvida pela Embrapa Informática Agropecuária para fornecer informações e modelos agropecuários que podem ser utilizados por empresas e startups na criação de softwares e aplicativos móveis com redução de custo e de tempo. Os dados são acessados de forma virtual por meio de APIs (Interface de Programação de Aplicativos, na tradução do inglês) e podem ser úteis em novas soluções digitais aplicadas, por exemplo, no planejamento e monitoramento da produção e na gestão do risco agrícola.

 

Graziella Galinari (MTb 3863/PR)
Embrapa Informática Agropecuária

Contatos para a imprensa

Telefone: (19) 3211-5806 I (19) 98126-1053

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Encontre mais notícias sobre:

agricultura-digitalagro-40agrotins2021