05/10/21 |   Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação  Transferência de Tecnologia

Embrapa e Secretaria de Educação de Campinas lançam Atlas Escolar e Pescoteca

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Foto: Adriano Rosa

Adriano Rosa - Da esquerda para a direita: secretário municipal de Educação, estudantes, prefeito de Campinas em exercício, e o chefe de TT da Embrapa Territorial

Da esquerda para a direita: secretário municipal de Educação, estudantes, prefeito de Campinas em exercício, e o chefe de TT da Embrapa Territorial

A Embrapa Territorial e a Secretaria Municipal de Educação lançaram, nesta segunda-feira (4), o volume 2 do Atlas Escolar da Região Metropolitana de Campinas, com o tema da Agricultura, e o repositório on-line Pescoteca. Os dois produtos são resultados dos convênios de cooperação técnica firmados entre o centro de pesquisa da Embrapa e a Prefeitura Municipal de Campinas e foram elaborados em apoio ao Programa Pesquisa e Conhecimento na Escola (Pesco). 

A cerimônia de lançamento, realizada na Prefeitura Municipal de Campinas, contou com a presença do prefeito em exercício, Wanderley Almeida; do secretário municipal de Educação, José Tadeu Jorge; do vereador Permínio Monteiro (PSB); e do chefe-adjunto de Transferência de Tecnologia da Embrapa Territorial, José Gilberto Jardine. Também compuseram a mesa de abertura, o diretor pedagógico da Secretaria Municipal de Educação, Luiz Roberto Marighetti, e a coordenadora setorial de Formação, Eliane Sousa.

A parceria produtiva e duradora entre as instituições públicas e a importância dos alunos terem informações sobre o contexto da produção agrícola do Brasil, do cenário crescente de fome no país e da necessidade de conciliar a produção de alimentos e preservação do meio ambiente foram destacados pelo secretário municipal de Educação e pelo representante da Embrapa Territorial.

“O tema da agricultura e a questão ambiental, que permeiam de forma adequada o Atlas Escolar, trazem conhecimentos aos estudantes e os tornam cidadãos conscientes. Esse assunto precisa estar na formação da cidadania dos alunos. Campinas está dando um excelente exemplo ao incentivar a reflexão dos estudantes sobre esses temas”, afirmou o secretário municipal de Educação.

Os dados da produção agropecuária e das áreas destinadas à preservação ambiental foram ressaltados pelo chefe de Transferência de Tecnologia da Embrapa Territorial. Jardine salientou que o Brasil destina apenas 7.2% da sua área territorial para a produção agropecuária e preserva 66% do seu território. Em Campinas, a área destinada à preservação da vegetação nativa dentro dos imóveis rurais equivale a 25. 4% do território do município. 

Embora essas informações não estejam contidas no Atlas Escolar, o chefe-adjunto de Transferência de Tecnologia da Embrapa Territorial considerou primordial que os estudantes tenham acesso aos dados corretos sobre o tema. "E a disponibilidade de todo esse material em um repositório, proposta da Pescoteca, permite aos professores e alunos a utilização e compartilhamento do conhecimento”, frisou Jardine.

 

Recurso didático

Os estudantes Nina Liz Pinho Seixas e Gabriel Nascimento de Oliveira, respectivamente, com 12 e 13 anos, alunos do 7º ano do ensino fundamental, na escola EMEF Ângela Cury Zákia, no bairro Nova Sousas, mostraram como os volumes do Atlas Escolar da Região Metropolitana de Campinas os ajudam em suas pesquisas em sala de aula. 

Em 2019, a pesquisa realizada por eles foi sobre a construção de canteiros de horta na escola. E, este ano, estão estudando sobre o solo da horta para recuperar os canteiros que ficaram parados no tempo das aulas remotas. Para isso, estão pesquisando sobre solos no volume 1 do Atlas e sobre horta, utilizam o formato digital do volume 2. “Pesquisar é uma forma legal de aprender. O que a gente aprende pesquisando, a gente não esquece”, disse Nina, que usa o Atlas Escolar desde o 3º ano e já se intitula “aluna-pesquisadora”.

A pesquisadora da Embrapa Territorial e coordenadora da Embrapa no Pesco, Cristina Criscuolo, apresentou o histórico do projeto de pesquisa que deu origem ao Atlas Escolar e os objetivos da publicação. Seus dois volumes foram elaborados com o intuito de incentivar o uso de geotecnologias como recurso didático e levar temas relacionados à agricultura para o ambiente escolar. 

O primeiro volume do Atlas enfatiza a importância da agricultura para os 20 municípios, integrantes da Região Metropolitana de Campinas. O segundo volume destaca as interações entre as atividades agropecuárias e o ambiente regional, como também, analisa os seis produtos agropecuários mais expressivos da região (produção animal, cana-de-açúcar, café, frutas, flores e hortas).

A publicação foi escrita por pesquisadores da Embrapa Territorial e professores da Rede Municipal de Ensino de Campinas. As versões digitais dos dois volumes estão disponíveis na página da Embrapa Territorial.

Pescoteca

A coordenadora pedagógica da Secretaria Municipal de Educação, Lúcia Gama, apresentou o Programa Pesquisa e Conhecimento na Escola (Pesco), criado, em 2015, para apoiar o trabalho dos professores no desenvolvimento da postura investigativa dos alunos para pesquisa de iniciação científica e discussão dos temas de caráter local.

Os professores da Rede Municipal de Ensino se inscrevem no curso anual oferecido pelo Pesco e realizam ao longo do ano, projetos de iniciação científica com seus alunos utilizando o atlas como referência. O registro final das atividades desenvolvidas durante o ano ocorre por meio da publicação dos relatos dos docentes. Esses relatos estão disponíveis na Pescoteca e têm o objetivo de divulgar e inspirar outros trabalhos que possam ser desenvolvidos pelos professores da Rede Municipal de Campinas ou outras redes interessadas em compartilhar ideias.

A coordenadora da Secretaria Municipal de Campinas no Pesco, Ana Lúcia Picoli, mostrou a forma de acesso às informações da Pescoteca. As publicações disponíveis no repositório estão catalogadas por unidades escolares de ensino fundamental da Rede Municipal de Ensino de Campinas. Cada unidade escolar na Pescoteca tem sua coleção de relatos da prática, resultante da atuação do corpo docente escolar junto ao Programa Pesco.

O repositório foi desenvolvido por especialistas da Embrapa Territorial, Embrapa Informática Agropecuária e Prefeitura Municipal de Campinas, com o apoio da Secretaria Municipal de Educação de Campinas e do Centro de Formação, Tecnologia e Pesquisa da Rede Municipal de Educação de Campinas.

Acesse aqui a Pescoteca. 

Liliane Castelões (16.613 MTb/RJ)
Embrapa Territorial

Contatos para a imprensa

Telefone: 19 3211-6200

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Galeria de imagens

Avalie esta notícia:

Média (0 Votos)