Agropedia brasilis: interatividade, interoperabilidade e gestão do conhecimento para PD&I da Embrapa

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

A Embrapa pratica modelos de pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I) motivados e valorizados por arranjos em redes de conhecimento, que são reconhecidos por promover:a interação e integração de pesquisadores e técnicos de um amplo espectro de especialidades e o desenvolvimento de abordagens multi, inter e transdisciplinares, com complementação de competências e alinhamento dos processos de PD&I, transferência de tecnologia e comunicação empresarial, potencializando os resultados da pesquisa. Ao desenvolver e aplicar conhecimento e propor soluções para a agropecuária tropical, a Embrapa envolve-se com desafios temáticos de alto grau de complexidade geoambiental e político-social. De suas ações de PD&I emergem projetos que, de forma organizada no tempo e no espaço, operacionalizam e coordenam a execução de atividades, os resultados decorrentes e o consequente conhecimento originado desse tipo de prática de trabalho colaborativo. Dessa lógica, decorrem necessidades inerentes a esse tipo de trabalho, como: interação e comunicação interpessoais com suporte de tecnologias da informação e comunicação (TIC); criação e compartilhamento de conhecimento; construção de bases de dados e sistemas de informação interoperáveis, com acesso intra e extra grupos, a seus repositórios; construção de websites para disseminação de informações. Também decorem vários desafios, entre eles: dificuldades para compartilhamento de informações e apropriação de conhecimentos, devido a questões relacionadas à proteção do conhecimento, à dispersão geográfica dos membros das redes e aos variados formatos midiáticos em que a informação foi produzida. A Agropedia brasilis propõe o exercício na Embrapa desse conceito mais abrangente, reunindo abordagens básicas para melhoria e empoderamento dos processos de gestão da informação e do conhecimento dos grupos de PD&I. Focando o sistema [pessoas<=>informação] desenvolve, valida e busca implantar: ambientes tecnológicos para o trabalho colaborativo; comunicação interpessoal intermediada por TIC e alinhamento institucional desses processos de interatividade; modelos conceituais e computacionais de organização e representação do conhecimento; modelo e suporte tecnológicos e metodológicos para a gestão terminológica na Empresa e organização e disseminação de informação sobre proteção do conhecimento.

Situação: concluído Data de Início: 09/2012 Data de Finalização: 08/2015

Unidade Lider: Embrapa Agricultura Digital

Líder de projeto: Ivo Pierozzi Júnior

Contato: ivo.pierozzi@embrapa.br