Estruturação da Rede de Avaliação de Ciclo de Vida (ACV) na Embrapa – Fase I

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

A Avaliação do Ciclo de Vida (ACV) é uma ferramenta de gestão que permite avaliar o desempenho ambiental de produtos ao longo de todo o seu ciclo de vida. Trata-se de uma metodologia com forte base científica e reconhecida internacionalmente, sendo padronizada pela série de normas ISO 14040. A ACV é empregada em vários países para a formulação de políticas públicas. Também é largamente utilizada pelo setor privado, no desenvolvimento de produtos e processos, no desenvolvimento de estratégias de negócios, bem como na comunicação sobre aspectos ambientais de produtos.

No setor agrícola nacional a ACV pode contribuir para a promoção de uma agricultura mais limpa e para a defesa dos produtos agrícolas brasileiros no mercado internacional. Esta técnica também pode ser usada no contexto do Ecodesign, sendo aplicável à avaliação de impactos de novas tecnologias.

Para que a Embrapa possa atender à demanda por estudos de ACV de produtos agrícolas, bem como adotar esta metodologia para a avaliação de impactos das suas tecnologias, é necessária uma estruturação. Este projeto propõe a estruturação da Rede ACV Embrapa. Para tanto, serão necessárias ações de organização do conhecimento já gerado pela Empresa neste tema e em temas afins.

Um estudo sistemático da carteira de projetos da Embrapa indicará o atendimento atual e novas demandas de pesquisa em ACV. Também poderão ser identificadas oportunidades de interação entre projetos. A massa crítica da Embrapa em ACV é restrita. São poucos os pesquisadores dedicados especificamente a este tema. Por outro lado, é imprescindível a integração destes especialistas com os de importantes temas de pesquisa correlatos. O mapeamento de competências e atividades de capacitação, propostos neste projeto, promoverão o incremento dessa massa crítica e a aproximação desses vários especialistas.

A complexidade dos estudos de ACV requer que sejam conduzidos por equipes multidisciplinares. Para que estas atuem de forma integrada, devem ser propostos padrões metodológicos e ferramentais. Este projeto apresentará uma estratégia de Tecnologia da Informação para a Rede ACV Embrapa.

Para que os Inventários de Ciclo de Vida (ICV) sejam gerados com coerência metodológica e possam ser compartilhados pela Rede, é indispensável a padronização das ferramentas de apoio à ACV. Para tanto, serão estabelecidos critérios e avaliados os principais softwares e bases de dados atualmente disponíveis no mercado. Quanto aos padrões metodológicos, serão propostos guias para a construção de ICV e para a Avaliação de Impactos do Ciclo de Vida (AICV).

A construção de um ICV implica na contabilização do material e energia envolvidos em um processo produtivo. Para a estimativa do consumo de recursos naturais e das saídas de substâncias para os compartimentos ambientais, geralmente são usados fatores ou modelos preditivos. Esses fatores e modelos são gerados para condições geográficas específicas e, em sua maioria, são adequados para países de clima temperado. Este projeto procederá a uma extensa revisão de literatura, visando identificar, descrever e recomendar os fatores e modelos mais apropriados para a construção de ICV de produtos agrícolas, nas condições brasileiras.

Na fase de AICV, os dados do ICV de um produto são convertidos em valores de impacto ambiental para diferentes categorias de impacto. Também neste caso, estão disponíveis na literatura inúmeros métodos. Aquelas categorias de impacto de caráter regional são avaliadas por fatores de caracterização obtidos considerando-se aspectos ambientais regionais, como clima, solo, relevo e vegetação. Neste projeto, métodos de AICV serão sistematicamente avaliados com o objetivo de apontar os mais qualificados para avaliações de produtos e processos nas diferentes regiões brasileiras. Assim, este projeto pretende prover o embasamento conceitual e metodológico e recomendar o ferramental necessários para a estruturação da Rede de Pesquisa em ACV da Embrapa.

Região: Norte, Nordeste, Sudeste, Sul, Centro-Oeste

Situação: concluído Data de Início: Sat Mar 01 00:00:00 BRT 2014 Data de Finalização: Tue Feb 28 00:00:00 BRT 2017

Unidade Lider: Embrapa Meio Ambiente

Lider do Projeto: Marília Ieda da Silveira Folegatti Matsuura

Contato: marilia.folegatti@embrapa.br